Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

As Vitrines
Chico Buarque Lyrics


Eu te vejo sair por aí
Te avisei que a cidade era um vão
-Dá tua mão
-Olha pra mim
-Não faz assim
-Não vai lá não

Os letreiros a te colorir
Embaraçam a minha visão
Eu te vi suspirar de aflição
E sair da sessão, frouxa de rir

Já te vejo brincando, gostando de ser
Tua sombra a se multiplicar
Nos teus olhos também posso ver
As vitrines te vendo passar

Na galeria
Cada clarão
É como um dia depois de outro dia
Abrindo um salão
Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão

Lyrics © O/B/O APRA/AMCOS

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Most interesting comments from YouTube:

Lícia Freire



As Vitrines

Chico Buarque



Eu te vejo sumir por aí
Te avisei que a cidade era um vão
- Dá tua mão
- Olha pra mim
- Não faz assim
- Não vai lá não

Os letreiros a te colorir
Embaraçam a minha visão
Eu te vi suspirar de aflição
E sair da sessão, frouxa de rir

Já te vejo brincando, gostando de ser
Tua sombra a se multiplicar
Nos teus olhos também posso ver
As vitrines te vendo passar

Na galeria, cada clarão
É como um dia depois de outro dia
Abrindo um salão
Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão



Victoria Paiva

Eu te vejo sumir por aí
Te avisei que a cidade era um vão
- Dá tua mão
- Olha pra mim
- Não faz assim
- Não vai lá não
Os letreiros a te colorir
Embaraçam a minha visão
Eu te vi suspirar de aflição
E sair da sessão, frouxa de rir
Já te vejo brincando, gostando de ser
Tua sombra a se multiplicar
Nos teus olhos também posso ver
As vitrines te vendo passar
Na galeria, cada clarão
É como um dia depois de outro dia
Abrindo um salão
Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão
Já te vejo brincando, gostando de ser
Tua sombra a se multiplicar
Nos teus olhos também posso ver
As vitrines te vendo passar
Na galeria, cada clarão
É como um dia depois de outro dia
Abrindo um salão
Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão



All comments from YouTube:

Luci Teixeira

Ouço quinhentas vezes e não me canso .Não da pra entender essa inspiração. Mto linda.

Breno Lombardi

tb ouço mil vezes kkk
Muito bom esse moço!

Adriana Sousa de Oliveira

Alma...

Ricardo Luiz

A melhor poesia do chico !!!

Januario Queiroz

Luci,c tem razão! Quando bebo "umas," fica melhor ainda!

Lícia Freire



As Vitrines

Chico Buarque



Eu te vejo sumir por aí
Te avisei que a cidade era um vão
- Dá tua mão
- Olha pra mim
- Não faz assim
- Não vai lá não

Os letreiros a te colorir
Embaraçam a minha visão
Eu te vi suspirar de aflição
E sair da sessão, frouxa de rir

Já te vejo brincando, gostando de ser
Tua sombra a se multiplicar
Nos teus olhos também posso ver
As vitrines te vendo passar

Na galeria, cada clarão
É como um dia depois de outro dia
Abrindo um salão
Passas em exposição
Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
Que entornas no chão

Reginaldo Barbosa

É esse que algumas "mentes brilhantes" chamam de vagabundo.

Mario Vaz

@Moacir Guitti Meu caro amigo, em qual mundo doido você imagina o Chico, pelas letras que escreve, se pronunciando de forma diferente. Você deve se encontrar entre aqueles que se assustaram com o posicionamento político do Roger Waters… No caso, nunca entenderam nada de nada...

Amilcar de castro

Meu Deus, onde chegamos, vendo essas baboseiras escritas por vocês

Luiz Carlos Dimitrov

Apoiador de trabalhador seu jumrnto

More Comments

More Videos