Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

Vida
Chico Buarque Lyrics


Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Deixei a fatia
Mais doce da vida
Na mesa dos homens
De vida vazia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Verti minha vida
Nos cantos, na pia
Na casa dos homens
De vida vadía
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Luz, quero luz,
Sei que além das cortinas
São palcos azuis
E infinitas cortinas
Com palcos atrás
Arranca, vida
Estufa, veia
E pulsa, pulsa, pulsa
Pulsa, pulsa mais
Mais, quero mais
Nem que todos os barcos
Recolham ao cais
Que os faróis da costeira
Me lancem sinais
Arranca, vida
Estufa, vela
Me leva, leva longe
Longe, leva mais

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Toquei na ferida
Nos nervos, nos fios
Nos olhos dos homens
De olhos sombrios
Mas, vida, ali
Eu sei que fui feliz

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.
Written by: ALVARO BATISTA, ADALBERTO SILVA, LUIZ MARTINS

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Most interesting comment from YouTube:

Surraro

Vida
Chico Buarque

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Deixei a fatia
Mais doce da vida
Na mesa dos homens
De vida vazia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Verti minha vida
Nos cantos, na pia
Na casa dos homens
De vida vadia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Luz, quero luz,
Sei que além das cortinas
São palcos azuis
E infinitas cortinas
Com palcos atrás
Arranca, vida
Estufa, veia
E pulsa, pulsa, pulsa,
Pulsa, pulsa mais
Mais, quero mais
Nem que todos os barcos
Recolham ao cais
Que os faróis da costeira
Me lancem sinais
Arranca, vida
Estufa, vela
Me leva, leva longe
Longe, leva mais

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Toquei na ferida
Nos nervos, nos fios
Nos olhos dos homens
De olhos sombrios
Mas, vida, ali
Eu sei que fui feliz



All comments from YouTube:

DOUGLAS DA ROS

essa musica marcou um dia chuvoso tinha 21 anos estava em um fundo de poço emocional fisico e espiritual sem esperança usando ilícitos para tentar anestesiar, e eu cheguei em casa tomei uma cerveja com minha mãe e minha tia e ouvindo essa musica pensei realmente estou deixando a melhor parte da vida na mesa, resolvi pedir ajuda foi difícil foi duro parei de anestesiar e viver a vida como ela é, hoje tenho 33 anos casado formado sou psicologo tenho um filho lindo de 1 ano e 8 meses nao uso a mais de 10 anos e chico sempre comigo, não é fácil mas é possível seja o que quer seja que esteja passando, você não está sozinho no universo, e Deus na minha concepção me ama e cuida basta eu pedir ajuda

Larissa Melo Sampaio

Que bom que deu a volta por cima! Também reflito ouvindo essa música, mas por uma questão bem menos complexa. Estudo demais e não me divirto, faço poucas amizades. Antes da pandemia pensava em sair mais, mas aí não foi possível.

Jose Aluízio

Parabéns. Tbm tinha essa interpretação desse trecho

Samir Almeida

Há algo a acrescentar sobre esse imenso artista? Não. Há apenas a intensão de admirá-lo. Imenso criador, mantenha-se.

Surraro

Vida
Chico Buarque

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Deixei a fatia
Mais doce da vida
Na mesa dos homens
De vida vazia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Verti minha vida
Nos cantos, na pia
Na casa dos homens
De vida vadia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Luz, quero luz,
Sei que além das cortinas
São palcos azuis
E infinitas cortinas
Com palcos atrás
Arranca, vida
Estufa, veia
E pulsa, pulsa, pulsa,
Pulsa, pulsa mais
Mais, quero mais
Nem que todos os barcos
Recolham ao cais
Que os faróis da costeira
Me lancem sinais
Arranca, vida
Estufa, vela
Me leva, leva longe
Longe, leva mais

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Toquei na ferida
Nos nervos, nos fios
Nos olhos dos homens
De olhos sombrios
Mas, vida, ali
Eu sei que fui feliz

Carlos Orlando Maia

Chico é meu pai poético... Cara, como sou feliz por poder acolher em minha "vida", Chico Buarque!

Fernando Daniel Da Silva

Ptqp... Toquei nas feridas nos fios nos nervos nos olhos dos homens de olhos sombrios... É demais é é demais...

Alexandre Cassimiro

Letra e música simplesmente geniais!poesia pura! Salve grande Chico Buarque!mito!

silvia Dias

Quando a FM começou a tocar , essa música bombava na programação! Doces anos 80!

Marcos Rocha

Linda música...retrata completamente o inverso de meu momento pessoal,em cujo qual vivo em ostracismo de sentimentos. Essa letra me faz pensar em responsabilidades ou viver...a vida. Questiono a prudência, não sei se por covardia ou comodismo...vai saber.

More Comments

More Videos