Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

Corre das Notas
DJONGA Lyrics


We have lyrics for these tracks by DJONGA:

JUNHO DE 94 E aí, Coyote Original GE Tentando dar meu melhor na minh…
Leal Leal, leal (só pra você) Leal Leal, leal Eu quero ser leal,…

The lyrics can frequently be found in the comments below, by filtering for lyric videos or browsing the comments in the different videos below.
Most interesting comments from YouTube:

Douglas Alex

LETRA:

[Intro: DJ Cost Scratches]
Quem é você que fala o que quer?
Respeito é pra quem tem, humildade também
Mexeu com nós é roça
É uma avalanche de flows
Vou depender do seu respeito
Cada um no seu castelo, cada um na sua função
Mexeu com nós é roça

[Verso 1]
Pista salgada como água do mar
Chamem o bombeiro
A maioria não sabe nadar
Apesar de ser egoísta
E não transformar nada em vinho
Eu sou profeta e como Cristo me coroaram com espinhos
Batendo milhões no YouTube
E ainda assim batendo carteira no Centro
Disseram: "Quem pariu Matheus que embale, que embale"
E eu digo que embale também quem gozou dentro
E os únicos que ganham por ser revelação
É um grupo de samba
Tipo, nova geração
Então sapateia pra se virar
Dinheiro não se compra, talento se vende
Vai que nessa dá!
Nunca vi tanta mentira como nessas festas
Essa minas me amam mesmo ou só pregam peças?
Esses manos são de dar dó
Mais falsos que Fábio Assunção parar de cheirar pó
Mais falsos que broxar pela primeira vez
Querem competir com o melhor e não querem ser freguês
Procuram verdade com Nike no pé
Tipo se dizer vegano comendo filet
E eles querem provar do estoque
Querem que eu desentoque
E eu tipo don't stop
Ou aguarde ou se enforque
Sou samurai sem coque
Sou rock, não pop
Sou Thor, versos pra matar Loki

[Refrão x2]
É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

[Verso 2]
O capeta é uma mulher, sorte que deus também era
Azar o seu se ela não quer te dar
Desconfie que quem trouxe o pecado foi Adão
Tipo os que oferecem a maçã e não querem me pagar
Caneta mais cara que os kit's
E esse jogo que toda vez que eu jogo eu zero
Me sinto Scar, cercado de idiotas
Tenho reinado como Simba, demais pro seu quintal próspero
Acorde e solta a corda
Que esses pilantra cai
Uns caçam recompensa, outros caçam wi-fi
Não acredito que exista, me parece sci-fi
Não acredito que insista, se tem cash me buy
Tem quem negue e insista, não tem cash ela trai
Não é Tony Ramos mas se ligar pra outro o chifre é free, boi
Sua cabeça não perca
Ela tava com a porta aberta e você quis pular a cerca
Iludido com o cheiro da sua falsa fama
Com perfume pirata, aquela falsa dama
Sua caneta novela, uma falsa trama
Se já tem pelo pubiano não venha com drama
Esses cara se acham foda
Mas nem das mina e nem dos mano
Sabem o cheiro do vermelho
Esses caras se acham foda
Bate punheta na frente do espelho

[Refrão x2]
É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

Creditos: Genius



Moises Chaves

Quem é você que fala o que quer?
Respeito é pra quem tem, humildade também
Mexeu com nós é roça
É uma avalanche de flows
Vou depender do seu respeito
Cada um no seu castelo, cada um na sua função
Mexeu com nós é roça

Pista salgada como água do mar
Chamem o bombeiro
A maioria não sabe nadar
Apesar de ser egoísta
E não transformar nada em vinho
Eu sou profeta e como Cristo me coroaram com espinhos
Batendo milhões no YouTube
E ainda assim batendo carteira no Centro
Disseram: "Quem pariu Matheus que embale, que embale"
E eu digo que embale também quem gozou dentro
E os únicos que ganham por ser revelação
É um grupo de samba
Tipo, nova geração
Então sapateia pra se virar

Dinheiro não se compra, talento se vende
Vai que nessa dá!
Nunca vi tanta mentira como nessas festas
Essa minas me amam mesmo ou só pregam peças?
Esses manos são de dar dó
Mais falsos que Fábio Assunção parar de cheirar pó
Mais falsos que broxar pela primeira vez
Querem competir com o melhor e não querem ser freguês
Procuram verdade de Nike no pé
Tipo se dizer vegano comendo filet
E eles querem provar do estoque
Querem que eu desentoque
E eu tipo don't stop
Ou aguarde ou se enforque
Sou samurai sem coque
Sou rock, não pop
Sou Thor, versos pra matar Loki

É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

O capeta é uma mulher, sorte que deus também era
Azar o seu se ela não quer te dar
Desconfie que quem trouxe o pecado foi Adão
Tipo os que oferecem a maçã e não querem me pagar
Caneta mais cara que os kit's
E esse jogo que toda vez que eu jogo eu zero
Me sinto Scar, cercado de idiotas
Tenho reinado como Simba, demais pro seu quintal, prospero
Acorde e solta a corda
Que esses pilantra cai
Uns caçam recompensa, outros caçam wi-fi
Não acredito que exista, me parece sci-fi
Não acredito que insista, se tem cash me buy
Tem quem negue e insista, não tem cash ela trai
Não é Tony Ramos mas se ligar pra outro o chifre é free, boi
Sua cabeça não perca
Ela tava com a porta aberta e você quis pular a cerca
Iludido com o cheiro da sua falsa fama
Com perfume pirata, aquela falsa dama
Sua caneta novela, uma falsa trama
Se já tem pelo pubiano não venha com drama
Esses cara se acham foda
Mas nem das mina e nem dos mano
Sabem o cheiro do vermelho
Esses caras se acham foda
Bate punheta na frente do espelho

É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

É o corre das notas
Nem que valha o sangue alheio é o corre das notas
Não se corre dos botas
Nem que valha o sofrimento eu vou fugir dos botas

Aí, playboy de esquimó, movido a pó
Cabuloso lá do shopping, não vem do veneno



All comments from YouTube:

Henrique oliveira

vou criar uma religião onde o djonga vai ser o Deus

Sapere Aude

É ASSIM QUE NASCE O FUNDAMENTALISMO E APARTHEID NAS DIVERSAS TRAMAS DA SOCIEDADE! UMA PENA QUANDO ALGUÉM ESCUTA RAP, E NÃO CONSEGUE O UP PRA LARGAR A INAUTENTICIDADE.

Cibele Lima

já tem e o babu e testemunha de djonga

Lidianny Layse

Henrique oliveira vim do futuro p dizer q ele virou

Pedro Martins

Seremos testemunhas de Djonga

Gabriell nascimento

Teu cú!!

41 More Replies...

Jorgilene Maciel

Esse cd do Djonga é lindo, sei que tem gente que tem dificuldade em compreender como há beleza nessas métricas, nas batidas, nas letras rasgadas do rap,mas o rap é arte e uma das mais lindas artes! O rap mistura a literatura com a poesia, ao mesmo tempo que tem um caráter documental, através do rap os seres invisíveis que nunca estão nos livros de história e que só aparecem na tv como estatísticas se mostram como sujeitos, jogam ali todas as suas inquietações, todo o céu e o inferno que existe pra além do asfalto. O rap junta toda essa literatura poética e/ou científica( sociológica, histórica, psicológica, antropológica) com a performance, o canto, a retórica, o discurso, o argumento, a música/batida/ritmo e constrói toda uma atmosfera que toma conta da sua vida. Sobre esse cd em especial, ele dói ao mesmo tempo que encanta, o Djonga consegue colocar uma faca no seu peito e remexer seu coração com a ponta dela, e isso é lindo! A arte que afeta, a arte que incomoda, a arte que consegue tocar o sujeito, a arte que é o melhor, e talvez único, instrumento capaz de fazer a gente transcender, sair da gente e se afundar nas nossas entranhas, a gente se olhar e olhar pro mundo de fora e ao mesmo tempo tão de dentro.
Parabéns Djonga!

Pedro Cristensen

Pessoas não curtem rap pois não entendem a letra e o que ela representa

Carlos Eduardo

É isso

Paulo Henrique

explicação melhor, só se for do próprio djonga, mandou muito no comentário jão

More Comments

More Videos