Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

De Papo Pro Ar
Ney Matogrosso Lyrics


Não quero outra vida
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Eu não quero outra vida
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar

Se ganho na feira
Feijão, rapadura,
Pra que trabalhar
Eu gosto do rancho
O homem não deve
Se amofinar
Se ganho na feira
Feijão, rapadura,
Pra que trabalhar
Eu gosto do rancho
O homem não deve
Se amofinar

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar

Não quero outra vida
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Eu não quero outra vida
Pescando no rio de Gereré
Tem um peixe bom
Tem siri patola
De dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade
Me atormentá
Eu me vingo dela
Tocando viola
De papo pro ar

Contributed by Nicholas K. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Most interesting comment from YouTube:

Caio Straubhaar

Eu não quero outra vida
Pescando no rio de Jereré
Tenho peixe bom
Tem siri patola
Que dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade me atormentar
Eu me vingo dela
Tocando viola de papo pro ar

Se ganho na feira
Feijão, rapadura
Pra que trabalhar
Sou filho do homem
E o homem não deve
Se apoquentar



All comments from YouTube:

Eduardo Cavalcante

Já ouvi na voz de vários cantores e duplas, mais sem dúvida essa versão e arranjos apresentado por esse grande artista e cantor Ney Matogrosso é a melhor

Maria rosali Lopes

VIVEMENT LA MUSIQUE BRESILIENNE.

Gival Silva

Ney é extraordinário canta bem todos estilos. O kara é foda é único.

Caio Straubhaar

Eu não quero outra vida
Pescando no rio de Jereré
Tenho peixe bom
Tem siri patola
Que dá com o pé

Quando no terreiro
Faz noite de luar
E vem a saudade me atormentar
Eu me vingo dela
Tocando viola de papo pro ar

Se ganho na feira
Feijão, rapadura
Pra que trabalhar
Sou filho do homem
E o homem não deve
Se apoquentar

Andres Geissler

Gracias, amo a Ney!

CARLOS DE FREITAS -CARLÃO

Os arranjos de metais, dão uma sonoridade toda especial.

Paulo First

Gente, até cancioneiro caipira esse homem canta? Que jóia!

Marlucy Natividade

Ney você é raro nesse Brasil. Mereça todas as honras

Salomão Oliveira

Melhor interpretação de "Papo do Ar"...
Incrível...
Parabéns pelo trabalho Ney.

Konrad Huber

Lingua italiana.
Quando sono triste in questa citta' di cemento ascolro questa stupenda canzone e penso all'Amazzonia, le foreste e i fiumi, una potente medicina, sono subito allegro e forte. Grazie Neyt

More Comments

More Videos