Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

Temporal
Art Popular Lyrics


Faz tempo que a gente não é
Aquele mesmo par
Faz tempo que o tempo não passa
É só você estar aqui
Até parece que adormeceu
O que era noite já amanheceu

Cadê aquele nosso amor
Naquela noite de verão
Agora a chuva é temporal
E todo céu vai desabar

É até parece que o amor não deu
Até parece que não soube amar
Você reclama do meu apogeu
Do meu apogeu
E todo o céu vai desabar
Ai desabou

É até parece que o amor não deu
Até parece que não soube amar
Você reclama do meu apogeu
Do meu apogeu
E todo o céu vai desabar
Ai desabou

Faz tempo que a gente não é
Aquele mesmo par
Faz tempo que o tempo não passa
É só você estar aqui
Até parece que adormeceu
O que era noite já amanheceu

Cadê aquele nosso amor
Naquela noite de verão
Agora a chuva é temporal
E todo céu vai desabar

É até parece que o amor não deu, não deu
Até parece que não soube amar
Você reclama do meu apogeu
Do meu apogeu
E todo o céu vai desabar
Ai desabou me iludiu

É até parece que o amor não deu, não deu
Até parece que não soube amar
Você reclama do meu apogeu
Do meu apogeu
E todo o céu vai desabar
Ai desabou me iludiu

É até parece que o amor não deu
Até parece que não soube, soube amar
Você reclama do meu apogeu
Do meu apogeu
E todo o céu vai desabar

Lyrics © Warner Chappell Music, Inc.
Written by: Paulo Leandro Fernandes Soares

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Comments from YouTube:

Geovani Paz

Pagode mais belo de todos. Parece que dá p sentir o sofrimento do cara na letra.

Matheus Jardim Francisco Lima

concordo, até me arrepio escutando...

Antonia Fernandes

Vdd

Jessica Klein

2020 porque relíquia é relíquia ♥️

Anderson A

❤❤

Samuel Hora

Top

Dulcineia Machado

Amo essa música.

Rafael Mariosi

Movimento

Nilza Volpi

Como eu fui apaixonada por essa música, agora já ouvi umas mil vzs, tempo bom, que eu eu era feliz e sábia 2020

25 More Replies...

Vinicius Rezende

Anos 90... Rolava aquele churrasco em casa, vinha meus tios e meus primos, sempre tocava um Raça Negra, Art Popular, Só pra Contrariar. Depois de comer a gente ia pra rua, empinar pipa, jogar bola, roba bandeira, pega-pega, esconde-esconde, brincava de salada mista, dava um celinho na minha vizinha e já ficava todo emocionado, hahaha. Ficava até tarde na rua, sentava na calçada com meus amigos, ficava dando risada e jogando conversa fora, tanta inocência e ingenuidade ao mesmo tempo. Obrigado Deus por me dar a oportunidade de viver uma infância assim, tempo bom que não volta mais. Hoje só nos resta as lembranças dessa época maravilhosa.

More Comments

More Videos