Mariza, Loucura: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Loucura
by Mariza

Sou do fado, como sei
Vivo um poema cantado
De um fado que eu inventei
A falar, não posso dar-me
Mas ponho a alma a cantar e as
Almas, as almas sabem escutar-me
Chorei, chorei, poetas do meu país
Troncos da mesma raiz
Da vida que nos juntou

E se vocês não estivessem a meu lado
Então, não havia fado
Nem fadistas como eu sou
Esta voz tão dolorida, é culpa de todos vós
Poetas da minha vida
É loucura! Oiço dizer, mas bendita esta
Loucura, de cantar e de sofrer

Chorei, chorei, poetas do meu país
Troncos da mesma raiz da vida que nos juntou
E se vocês não estivessem a meu lado
Então, não havia fado
Nem fadistas como eu sou

E se vocês não estivessem a meu lado
Então, não havia fado
Nem fadistas como eu sou

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC
Written by: ANTONIO JOSE CORREIA DE BRITO

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them

More Videos