O Mapa
Arthur Verocai Lyrics


Depois de sonhar no sofá
Pescar minhas contas sem fim
Se nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A praça, o povo, a fé
O campo, a bola, o café
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?
A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

Meus pés...

Writer(s): arthur verocai-vitor martins

Contributed by Mason Y. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comments from YouTube:

Gonzalo Mazzey

Depois de sonhar no sofá
Pescar minhas contas sem fim
Se nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A praça, o povo, a fé
O campo, a bola, o café
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

Meus pés...



spepp

okay, to understand the lyrics - first you got to setup that the way he writes it in portuguese is in a coloquial way of speaking and translating it as it is won't do you any good.
in these situations, for a translation to work you need to adapt the to the other language and (in this case) explain what the real phrase meant.

the phrase "que mapa estão os meus pés" roughly translates as "in which map rests my feet?" - it's a way of trying to express the longing for something that never comes.
the whole song presents you this feeling of stability but this exact stability is what causes the narrator's sense of loss. the rhythm of the day to day life gets so repetitive that the narrator gets to a point where he doesn't know where it starts and where it ends. "where am i? in which part of my life am i at the moment?"

he explains the repeatability expressing nouns: the square, the people, the faith (meaning religion, so he probably goes to church everyday or every once in a while), the field (football field ), the ball, the coffee, us (the people), the port, the pier, the fear, the life, setback.

"se nada vai bem ou vai mal" meaning something like "nothing feels fine, neither wrong" expressing neutrality on life, we get back to his main question: in which map rests my feet?

i know i'm a bit late to the party but i hope this clears up some questions. any more questions, feel free!



All comments from YouTube:

Gonzalo Mazzey

Depois de sonhar no sofá
Pescar minhas contas sem fim
Se nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A praça, o povo, a fé
O campo, a bola, o café
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

A gente, o porto, o cais
O medo, a vida, o revés
E nada vai bem ou vai mal
Que mapa estão os meus pés?

Meus pés...

LEONARDO DI CAPRIO

me encanta esta cancion aunque soy mexicano tenemos algo en comun con el idioma , que el español o castellano es el sucesor de el portugues....

aazaranis

Always sounds like Brazilian James Bond theme to me :)

Mariana de Oliveira

Composição de Arthur Verocai e Vitor Martins.

jabacule

72! que som emocionante, por que nossa música definhou? por que?

ana

ai dento

Gui Esteves

a maior ilusão é essa, acreditar em uma degeneração inevitavel da cultura brasileira. toda a industria da musica empodreceu como sempre esteve caminhando para isso, o dinheiro dirige a cultura longe para aproximar o lucro.

essa é a perspectiva da corrente principal, entretanto. existem incontáveis artistas de nível, se nao a par, superior dos antigos clássicos. basta procurar bem.

sew nome

o declínio da cultura brasileira foi extremamente forte, a degeneração nos contaminou com força e até hoje não nos recuperamos

Samuel Lima

Meus pés...

Marcinha Mumu

perfeito

More Comments

More Videos