Aniversário de Sobriedade
Black Alien Lyrics


Jump to: Overall Meaning ↴  Line by Line Meaning ↴

Yo
Vish, meu cumpadi que fase
Me olho no espelho "mas Gustavo, o que fazes?"
Cadê as letras? Esqueceu da caneta
Fica só cheirando em cima do CD de bases
Os beatmakers, os melhores do país
E eu só vou pra Jamaica pra acalmar o meu nariz
Mete a venta e não produz
Bye bye Gus, Babylon by trevas volume zero, sem luz
'Tô sem frases, o que me trazes?
Isso é metanfetamina, a droga dos kamikazes
Precisam de coragem pra poder morrer na guerra
E eu preciso de coragem pra viver fazendo as pazes
Ou quase
Se me der guerra, eu quero mais
O tempo fecha e eu 'tô de pé chamando temporais
Viciado em caos, na beira do cais
Banquete animado ao bando de animais
Nas dependências da clínica de dependência química
Me deixa quieto aqui na minha, cara
Nas dependências da clínica de dependência química
Gata, mexe aqui na minha cara
Buceta pro homem fraco é que nem cocaine
Dependência é muita treta, reclamar com quem
Vira o centro do rolé, diversão que encarece o kit
Whisky, pó, cigarro, mulé e um carro pra Nikity
Tão elevado, complexo de Nietzche
'Tá ligado, eu 'tô ligado sem nexo no beat
É um crime jogar meu tempo fora aqui suando creme
Jogo tudo fora ou me jogo da Pedra do Leme
Falando assim, você quase me assusta
Falando assim, assim falou Zarathustra
Falando assim, não tem como escutar nada
Então, qual é a da parada, quem me busca na Augusta?

Ô, deixa um espacinho de ref-
Não deixa de mandar essa pra mim, não




Pra eu fazer já em cima desse beat, agora, quando eu acordar de novo (aham)
Vou te mandar o CD de base

Overall Meaning

The song "Aniversário de Sobriedade" by Black Alien describes the struggles and temptations faced by the artist in his journey of sobriety. The lyrics depict a conversation with oneself, where the artist questions his current state and reflects upon his past actions. He acknowledges the absence of his creative output, symbolized by the forgotten pen and his dependence on drugs. The mention of going to Jamaica to calm his nose alludes to seeking solace in marijuana, a common stereotype associated with the country. The artist contrasts his need for courage to stay clean and make peace with his past with the kamikaze-like bravery required to indulge in the destructive addiction of methamphetamine.


Line by Line Meaning

Yo
Hey


Vish, meu cumpadi que fase
Oh, my buddy, what a phase


Me olho no espelho 'mas Gustavo, o que fazes?'
I look in the mirror and ask myself, 'Gustavo, what are you doing?'


Cadê as letras? Esqueceu da caneta
Where are the lyrics? Did you forget the pen?


Fica só cheirando em cima do CD de bases
You just keep sniffing over the instrumental CD


Os beatmakers, os melhores do país
The beatmakers, the best in the country


E eu só vou pra Jamaica pra acalmar o meu nariz
And I only go to Jamaica to calm my nose


Mete a venta e não produz
You use your nose but don't produce


Bye bye Gus, Babylon by trevas volume zero, sem luz
Goodbye Gus, Babylon by darkness, volume zero, no light


'Tô sem frases, o que me trazes?
I'm out of phrases, what do you bring me?


Isso é metanfetamina, a droga dos kamikazes
This is methamphetamine, the drug of kamikazes


Precisam de coragem pra poder morrer na guerra
They need courage to die in the war


E eu preciso de coragem pra viver fazendo as pazes
And I need courage to live making peace


Ou quase
Or almost


Se me der guerra, eu quero mais
If you give me war, I want more


O tempo fecha e eu 'tô de pé chamando temporais
The weather gets stormy and I stand calling for storms


Viciado em caos, na beira do cais
Addicted to chaos, on the edge of the dock


Banquete animado ao bando de animais
Animated banquet to the group of animals


Nas dependências da clínica de dependência química
In the premises of the chemical dependency clinic


Me deixa quieto aqui na minha, cara
Leave me alone here in my own world, man


Gata, mexe aqui na minha cara
Babe, move here in front of me


Buceta pro homem fraco é que nem cocaine
Pussy to a weak man is like cocaine


Dependência é muita treta, reclamar com quem
Dependency is a big mess, who to complain to


Vira o centro do rolé, diversão que encarece o kit
Becomes the center of the party, fun that raises the stakes


Whisky, pó, cigarro, mulé e um carro pra Nikity
Whisky, coke, cigarettes, women, and a car for Nikity


Tão elevado, complexo de Nietzche
So elevated, Nietzsche's complex


'Tá ligado, eu 'tô ligado sem nexo no beat
You know, I'm connected, I'm connected without sense on the beat


É um crime jogar meu tempo fora aqui suando creme
It's a crime to waste my time here sweating cream


Jogo tudo fora ou me jogo da Pedra do Leme
I throw everything away or I throw myself off the Leme Rock


Falando assim, você quase me assusta
Speaking like that, you almost scare me


Falando assim, assim falou Zarathustra
Speaking like that, that's how Zarathustra spoke


Falando assim, não tem como escutar nada
Speaking like that, there's no way to hear anything


Então, qual é a da parada, quem me busca na Augusta?
So, what's the deal, who's picking me up on Augusta Street?


Ô, deixa um espacinho de ref-
Oh, leave a little space for ref-


Não deixa de mandar essa pra mim, não
Don't forget to send that one to me, okay?


Pra eu fazer já em cima desse beat, agora, quando eu acordar de novo (aham)
So I can do it over this beat, now, when I wake up again (aham)


Vou te mandar o CD de base
I'll send you the instrumental CD




Lyrics © O/B/O APRA AMCOS
Written by: Gustavo de Almeida Ribeiro

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on or correct specific content, highlight it

Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comment from YouTube:

@andrefelipesilva

"Tô sem frases, o que me trazes?

Isso é metanfetamina, a droga dos kamikazes
Precisam de coragem pra poder morrer na guerra e eu preciso de coragem pra viver fazendo as pazes
Ou quase
Se me der guerra, eu quero mais
O tempo fecha e eu tô de pé chamando temporais
Viciado em caos, na beira do cais
Banquete animado ao bando de animais.."

BlacKING Alien ;)


Obs.: Esse som tá FODA!



All comments from YouTube:

@victorbenetti6722

Sem cabimento essa música vou parar de vez com a cocaina achei a inspiração que me faltava obrigado Alien

@gabrielramiro4003

Tu parou, irmão?! Força. Q tenha parado com o álcool e cocaína. Namoral. E nois.

@felipesousa8831

Força meu mano, você é capaz de vencer isso!

@pautz654

Força brother, vc consegue!

@nelsonclaudino5309

só eu posso, mas não posso sozinho, irmão

@xicodoidx

Sozinho é difícil, procure ajuda procure o NA

18 More Replies...

@Tarcisioo7

2 anos que não cheiro, 1 ano que não bebo. Tmj, Gustavo!

@haustendub

Boa

@vitu5155

Parabéns, irmão

@jandersongomes1552

boaaaa

More Comments

More Versions