Erre
Boogarins Lyrics


Três dias e noite, andei, larguei a sorte
Morte adentro, mergulhei, me refiz forte
Pra trás, nunca mais olhei, rumei ao norte
Só agora descobri a falta das notas que nunca ouvi

Que soam como um corte
Um corte em mim
Que soam como um corte
Um corte em mim
Eu vivo entre a morte
O sonho e o fim

Eu nunca mais fui eu
Eu nunca mais lembrei de mim
O mundo se esqueceu
Eu não sei mais o que é sentir

O que escuto é forte
É como um corte
Um corte em mim
E soa como um corte
Um corte em mim
Eu vivo entre o sonho
A morte e o fim

Writer(s): Fernando Almeida

Contributed by Elliot F. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comments from YouTube:

Suellem Madureira Saraiva

Três dias e noite andei
Larguei a sorte
Morte adentro mergulhei
E me fiz forte

Pra trás nunca mais olhei
Rumei ao norte

Só agora descobri a falta das notas que nunca ouvi
Que soam como um corte
Um corte em mim

Eu vivo entre a morte
O som
E o fim

Eu nunca mais fui eu
Eu nunca mais lembrei de mim
O mundo se esqueceu
Eu não sei mais o que é sentir

O que escuto é forte
É como um corte
Um corte em mim

E soa como um corte
Um corte em mim

Eu vivo entre o som
A morte
E o fim



Brusa

translation for the GRINGOS

wander

three days and nights I've walked
and leaved the luck
inside death i've jumped
and made me tougher

Backwards no longer' I've looked
I headed north

only now I lack the notes I've never heard
which sound like a cut
A cut in me

I live between the death
the sound
and the end

no longer I'am myself
I never remembered me
the world has forsaken
I no longer know what it means to feel

what I can hear is strong
Its like a cut
a cut in me

and sound like a cut
a cut in me

I live between the sound
the death
and the end



Eric Gonçalves de Souza

Me identifico muito com esse trecho. É o que você sente quando finge que não é gay por uma vida inteira, quando oculta uma parte de você por medo dos outros:



Eu vivo entre a morte
O som
E o fim

Eu nunca mais fui eu
Eu nunca mais lembrei de mim
O mundo se esqueceu
Eu não sei mais o que é sentir



All comments from YouTube:

Suellem Madureira Saraiva

Três dias e noite andei
Larguei a sorte
Morte adentro mergulhei
E me fiz forte

Pra trás nunca mais olhei
Rumei ao norte

Só agora descobri a falta das notas que nunca ouvi
Que soam como um corte
Um corte em mim

Eu vivo entre a morte
O som
E o fim

Eu nunca mais fui eu
Eu nunca mais lembrei de mim
O mundo se esqueceu
Eu não sei mais o que é sentir

O que escuto é forte
É como um corte
Um corte em mim

E soa como um corte
Um corte em mim

Eu vivo entre o som
A morte
E o fim

Samuel Lima

essa confusão de instrumentos é psicodeliciosa

Luana Xavier

Tirar Tame Impala? Que exagero, para. São diferentes, apesar de terem a psicodelia em comum, linhas melódicas vocais totalmente distintas, e Boogarins sequer tem aquela "teclaiada" toda...Mais fácil o Tame Impala parar de chupar Beatles, principalmente o lance Kevin-Lennon... 

Jesse Rivas

@Rafael Pinto mas eles criam a música de um jeito totalmente diferente, entende?

Outro Canal

1:31 ops, a referencia passando

Samuel Lima

Luana Xavier Até porque Boogarins é melhor né..

floydes

+Luana Xavier lembra assim, aquele tame classicão ainda, com o primeiro baixista

Vitor Silva

+Luana Xavier TAME IMPALA PARA BOOGARINS TEM UM MAR DE DIFERENCIA !!!! BR ADORA COMPARAR HAHAHAHAHHA, POSSA SER QUE ESSA MUSICA TENHA ALGO HAVER COM TAME MAS A BANDA EM SI NÃO :DDDDDDDDDDDDDD, EUU NUNCA MAIS FUUUI EUUU EU NUNCA MAIS LEMBREII DE MIMIMIMIMIMIMIMIMI

3 More Replies...

Lucas Brasil

Banda do caralho. E óbvio que qualquer banda vai receber influência de outras, é mais do que normal. Essa mania de querer que tudo seja vanguarda e que inventem "a roda" de novo é foda!

Outro Canal

nice, sounds like boogarins

More Comments

More Videos