A Banda
Chico Buarque Lyrics


Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem

A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

Minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela

A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor

Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou

E cada qual no seu canto
Em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor

Depois da banda passar
Cantando coisas de amor

Depois da banda passar
Cantando coisas de amor

Depois da banda passar
Cantando coisas de amor

Lyrics © Editora e Importadora Musical Fermata do Brasil Ltda.
Written by: Chico Buarque De Hollanda

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comments from YouTube:

catatau

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem
A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela
A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou
E cada qual no seu canto
E em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor



Ignacio Bedregal

"The Band" (Chico Buarque de Hollanda)

Chorus

My life was a waste
but my love called me
To see the band marching
singing things about love
My suffering people
said good bye to sorrow
To see the band marching
Singing things about love

The serious man that counted money, stopped
The lil' punk that took advantage, stopped
The infatuated girl that counted stars, stopped
To see it and hear it and open the way
The sad girl that lived in silence, smiled
The sad rose that lived closed, opened
All the kids got mad
To see the band passing by
Singing things about love

Chorus

The weak man forgot the tiredness, and thought
He wished he was still young to go to the terrace, and danced
The ugly girl leaned over the window
Thinking that the band played for her
The happy march spread over the avenue, and stood
The full moon that lived hidden, showed up
My whole city dressed up
to see the band passing by
Singing about love things
But for my disenchantment
Which was sweet, finished
All took its place
After the band passing by
And each one on his corner
And in each corner one pain
After the band marching
Singing things about love...



Angelo Di Berardino

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem
A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor

O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela
A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar cantando coisas de amor
Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou

E cada qual no seu canto
Em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor



StraightAway Project

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem
A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela
A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou
E cada qual no seu canto
E em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor



All comments from YouTube:

catatau

Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O homem sério que contava dinheiro parou
O faroleiro que contava vantagem parou
A namorada que contava as estrelas parou
Para ver, ouvir e dar passagem
A moça triste que vivia calada sorriu
A rosa triste que vivia fechada se abriu
E a meninada toda se assanhou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Estava à toa na vida
O meu amor me chamou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
A minha gente sofrida
Despediu-se da dor
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
O velho fraco se esqueceu do cansaço e pensou
Que ainda era moço pra sair no terraço e dançou
A moça feia debruçou na janela
Pensando que a banda tocava pra ela
A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu
A lua cheia que vivia escondida surgiu
Minha cidade toda se enfeitou
Pra ver a banda passar
Cantando coisas de amor
Mas para meu desencanto
O que era doce acabou
Tudo tomou seu lugar
Depois que a banda passou
E cada qual no seu canto
E em cada canto uma dor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor
Depois da banda passar
Cantando coisas de amor

catatau

@It's Lana. de nada

It's Lana.

Obrigada, amigo.♡

Alex L

I don't understand any of the words, but sounds like a great and peaceful song! Greetings from Sweden

Ignacio Bedregal

@Alex L You're welcome. I love that lyrics touch a very Brazilian folklore topic: how short happiness is and how long grief... greetings from South America.

Alex L

@Ignacio Bedregal Thanks for translating/giving the translationi of the lyrics. Sounds like some gentle lyrics <3

Ignacio Bedregal

"The Band" (Chico Buarque de Hollanda)

Chorus

My life was a waste
but my love called me
To see the band marching
singing things about love
My suffering people
said good bye to sorrow
To see the band marching
Singing things about love

The serious man that counted money, stopped
The lil' punk that took advantage, stopped
The infatuated girl that counted stars, stopped
To see it and hear it and open the way
The sad girl that lived in silence, smiled
The sad rose that lived closed, opened
All the kids got mad
To see the band passing by
Singing things about love

Chorus

The weak man forgot the tiredness, and thought
He wished he was still young to go to the terrace, and danced
The ugly girl leaned over the window
Thinking that the band played for her
The happy march spread over the avenue, and stood
The full moon that lived hidden, showed up
My whole city dressed up
to see the band passing by
Singing about love things
But for my disenchantment
Which was sweet, finished
All took its place
After the band passing by
And each one on his corner
And in each corner one pain
After the band marching
Singing things about love...

Gabriel Dias

Well... The meaning of the song is kinda sad. It's a wordefull song, but "A Banda" is a song writed in the Brazilian Militar Dictatorship and It's a alegory to the events that ocourred in this horrible moment of Brazil history

Frankerzed

I'm a Brazilian who moved to Sweden about a month ago. I appreciate how bossa nova is known around here, I often listen to these music to cope with the saudade from home.

1 More Replies...

Vasquez Palomo

Canciòn muy hermosa. Viva Brasil! Saludos de un Latinoamericano desde Noruega.

More Comments

More Videos