João E Maria
Chico Buarque Lyrics


Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você
Além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava um rock
Para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigada a ser feliz
E você era a princesa
Que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Sim, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade
Acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo
Sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim

Lyrics © O/B/O APRA/AMCOS

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comments from YouTube:

Daniel Guarin

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava o rock para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?



Armando Graça

@Lucas Dias Gostei dessa tirada poética da "mente binária "!!!
Além de que está super correta!
Na minha opinião, Chico não pode ser "colado" à dita esquerda. Ele, como eu e muitos mais, aspiramos a um mundo melhor, com respeito por todos e miséria para ninguém...
É utopia? E dai?
Um outro grande poeta escreveu:
"O sonho comanda a vida como bola colorida entre as mãos de uma criança"
(Gedeão, em Pedra Filosofal).
O grande problema é a ganância. O poder absoluto na mão de gente sem escrúpulos e, pior, haver quem os apoia para terem direito "Às migalhas que caem da mesa..."
Como disse ai mais atrás outro comentarista-poético "Vou ficar calado e deixar que meus olhos suem de cansaço..."



Vanessa Gonzaga

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava o rock para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?



ASongNeverCry

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque

E ensaiava o rock para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
Pois você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade
Acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?



All comments from YouTube:

Léo Moço

Orgulho de ter nascido no mesmo pais que ele e não precisar traduzir a letra

Felipe Castela

Mas ai vc se lembra que criaram o funk de hj em dia.

ControleQuebrado!

@Guiscarlxrd Você quer escutar oque é mainstream, lógico que não vai achar nada que preste.

Ana Flávia Silva

@Danilo Martinelli você está bem desatualizado sobre as músicas atuais, não generalize

Maria Silva

@Dipper Tales essa pra mim é a Maria kkkk ,a infância ...que aos poucos vai indo embora até ele se perguntar depois que a infância vai .....o que vai ser de mim ???? Isso é o que nos perguntamos todos os dias depois de adultos kkk. ..posso estar viajando mais é a minha percepção dessa obra.

Maria Silva

@najulia descordo, o samba até anos 90 era bem mais periferia que hj e falava do cotidiano dos trabalhadores ,comparava as curvas dos morros com as pernas das morenas torneadas pelas ladeiras RS,o funk mesmo era outro ,enfim a mesma realidade ...aliás bem mais difícil mas vista de outro ângulo de outras formas.

63 More Replies...

Felipe Eugênio Vinhal

Não olha assim pra mim Chico, pq eu tô carente com essa quarentena

Pé de Pano

Kkkkkk

Carlito Silva

KKK

LX Brabo

Eu também to carente que homem lindo

More Comments

More Videos