Querido Diário
Chico Buarque Lyrics


Hoje topei com alguns
Conhecidos meus
Me dão bom-dia (bom-dia), cheios de carinho;
Dizem para eu ter muita luz
E ficar com Deus
Eles têm pena de eu viver sozinho

Hoje a cidade acordou
Toda em contramão
Homens com raiva,
Buzinas, sirenes, estardalhaço
De volta à casa, na rua
Recolhi um cão
Que, de hora em hora, me arranca um pedaço

Hoje pensei em ter religião
De alguma ovelha, talvez,
Fazer sacrifício
Por uma estátua ter adoração
Amar uma mulher sem orifício

Hoje, afinal, conheci o amor
E era o amor, uma obscura trama
Não bato nela, não bato
Nem com uma flor
Mas se ela chora, desejo-me em flama

Hoje o inimigo veio,
Veio me espreitar
Armou tocaia lá
Na curva do rio
Trouxe um porrete, um porrete a "mode" me quebrar
Mas eu não quebro não, porque sou macio, viu?!

Contributed by James R. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comment from YouTube:

Sophia

Hoje topei com alguns conhecidos meus
Me dão bom-dia, cheios de carinho
Dizem para eu ter muita luz, ficar com Deus
Eles têm pena de eu viver sozinho

Hoje a cidade acordou toda em contramão
Homens com raiva, buzinas, sirenes, estardalhaço
De volta a casa, na rua recolhi um cão
Que de hora em hora me arranca um pedaço

Hoje pensei em ter religião
De alguma ovelha, talvez, fazer sacrifício
Por uma estátua ter adoração
Amar uma mulher sem orifício

Hoje afinal conheci o amor
E era o amor uma obscura trama
Não bato nela nem com uma flor
Mas se ela chora, desejo me inflama

Hoje o inimigo veio me espreitar
Armou tocaia lá na curva do rio
Trouxe um porrete a mó de me quebrar
Mas eu não quebro porque sou macio, viu



All comments from YouTube:

Sophia

Hoje topei com alguns conhecidos meus
Me dão bom-dia, cheios de carinho
Dizem para eu ter muita luz, ficar com Deus
Eles têm pena de eu viver sozinho

Hoje a cidade acordou toda em contramão
Homens com raiva, buzinas, sirenes, estardalhaço
De volta a casa, na rua recolhi um cão
Que de hora em hora me arranca um pedaço

Hoje pensei em ter religião
De alguma ovelha, talvez, fazer sacrifício
Por uma estátua ter adoração
Amar uma mulher sem orifício

Hoje afinal conheci o amor
E era o amor uma obscura trama
Não bato nela nem com uma flor
Mas se ela chora, desejo me inflama

Hoje o inimigo veio me espreitar
Armou tocaia lá na curva do rio
Trouxe um porrete a mó de me quebrar
Mas eu não quebro porque sou macio, viu

Claudiane Lima

curte aqui quem veio pelo Enem kkk

Bianca Araujo

Foi falando sobre essa música?? ♥️

Katlyn Santos

na questão do site "Me salva" haha

Carlos Girodo

Vim escutar por causa do enem SHAUHSUAHSUSH

Rebeca Karla

KkkKkk tbmm

Ma Vitória Martins

Carlos Girodo justamente

Katlyn Santos

sim!!!!!!!!!! estou estudando pelo site "ME SALVA" kkkkkk Caso for fazer a prova novamente este ano, tenha um ótimo desempenho! haha

Dieter Marno Araujo dos Santos

Um cara a quem eu gostaria se simplesmente apertar a mão. Quem sabe tomar uma cerveja e falar sobre a vida... Sábio é sábio...

Daniel Tavares Bittencourt

"Chico é Chico" Buarque de Holanda , pra mim a das maiores referências brasileiras , o que me faz sentir orgulho de ser brasileiro referência poética , literária , música "Eu bato o portão sem fazer alarde , levo a carteira de identidade , uma saideira muita saudade e a leve impressão de que já vou tarde....".

More Comments

More Videos