Ai Vida
Cristina Branco Lyrics


Porque é longa a minha sede
Trago a alma insaciada
Uma voz sem tom nem tempo
Age oculta, p’la calada

Sou a solidão do tempo
Quando o nevoeiro cerra
Sou a estranha flor ao vento
No esquecimento da terra
Num intenso gesto de alma, sou
Esta pena de me achar tão só
Tanto e tão pouco
Ai vida!

Porque é longa a minha sede
Busco a fonte desejada
Uma voz sem tom nem tempo
Que se oculta em mim, calada

Contributed by Alice P. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Adı Türker Ertürk

eu como um turco, eu amei a música e artistas. tem cheiro de tristeza e melancolia e saudade. Graças.

Arturo De Leon

Mujer más hermosa y con esa voz, es difícil resistirse, soy tuyo Cristina, por siempre tuyo

birdie sha

There's moments in life that we know something bigger exists and touch us all. Most of all, I believe.

António Veiga

Querida Cristina, que intensidade poética!!!!

Dany Sama

Lindo lindo,stou sem palavras...

Jorge F R Belo

Não conhecia. Não consigo parar de ouvir. Não é possível tanta beleza numa canção, numa voz.

Birdie Shattock

Ai Cristina, quanta beleza e perfeição, magistral.

jobrem

E o céu cariciou a terra...

Eduardo Dantas Burbach

Suplantei a terra., estou a viajar pelo céu, entre as nuvens....:-)

Alfonso Ramos Mansino

Maravillosa voz, maravillosa música, maravillosa mujer.

More Comments