Cristina Branco, Avenida De Angola: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Avenida De Angola
by Cristina Branco

Num botão de branco punho
Num braço de fora preto

Vou pedir contas ao mundo
Além naquele coreto (2x)

Lá vai uma lá vão duas
Três pombas a descansar
Uma é minha outra é tua
Outra é de quem a agarrar

Na sala há cinco meninas
E um botão de sardinheira

Feita de fruta madura
Nos braços duma rameira (2x)

Lá vai uma lá vão duas...

O Sol é quem fez a cura
Com alfinete de dama
Na sala há cinco meninas
Feitas duma capulana

Lá vai uma lá vão duas...

Quando a noite se avizinha
Do outro lado da rua

Vem Ana, vem Serafina
Vem Mariana, a mais pura

Lá vai uma lá vão duas...

Há sempre um botão de punho
Num braço de fora preto

Vou pedir contas ao mundo
Além naquele coreto (2x)

Lá vai uma lá vão duas...

Ó noite das columbinas
Leva-as na tua algibeira

Na sala há cinco meninas
Feitas da mesma maneira

Lá vai uma lá vão duas...

Contributed by Kennedy F. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them