Cristina Branco, Deolinda: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Deolinda
by Cristina Branco

Falem,
que me importa,
falem
Não quero saber
Digam o que digam,
que podem dizer?
Se o mal criticam,
se bem vão querer
Digam o que digam,
que posso eu fazer?
Sou tanta incerteza
que o mais certo em mim,
é nem ser por certo,
é nem estar aqui.
Para mim sou tanto
e há tanto em mim
que eu sei lá quem sou...

Quem quiser falar de mim, que fale
Quem quiser saber de mim, pergunte
E quem sabe se eu direi a verdade
isto de ser ou não ser, confunde...

Falem,
que me importa,
falem
sem nada saber
Digam o que digam
só me fazem crer,
que eu aqui existo
seja eu lá quem for
Digam o que digam,
quem me vê melhor?
se a porteira cusca
que me topa bem
se a padeira astuta
que é cusca também
Se é que sabem tanto,
esclareçam-me enfim
afinal quem sou?

Quem quiser falar de mim, que fale
Quem quiser saber de mim, pergunte
Quem sabe se eu direi a verdade
isto de ser ou não ser, confunde...

Quem quiser falar de mim, verdade
Quem quiser saber de mim, confunde
Quem sabe se eu direi que não sabe
Que isto de ser ou não ser, pergunte...

Quem sabe o que eu direi pergunte
Quem quiser saber de mim não sabe
Quem quiser falar de mim, confunde
Que isto de ser ou não ser verdade.

Quem quiser falar de mim, já sabe
Quem sabe se o que direi, confunde
Quem quiser saber de mim, verdade
Isto de ser ou não ser, pergunte

Contributed by Colton O. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them

More Videos