Meu Amor É Marinheiro
Cristina Branco Lyrics


Meu amor é marinheiro
E mora no alto mar
Seus braços são como o vento
Ninguém os pode amarrar

Quando chega à minha beira
Todo o meu sangue é um rio
Onde o meu amor aporta
Meu coração um navio
Meu amor disse que eu tinha
Na boca um gosto a saudade
E uns cabelos onde nascem
Os ventos e a liberdade

Meu amor é marinheiro
Quando chega à minha beira
Acende um cravo na boca
E canta desta maneira

Eu vivo lá longe, longe
Onde moram os navios
Mas um dia hei-de voltar
Às águas dos nossos rios

Hei-de passar nas cidades
Como o vento nas areias
E abrir todas as janelas
E abrir todas as cadeias

Meu amor é marinheiro
E mora no alto mar
Coraçâo que nasceu livre
Não se pode acorrentar

Contributed by Evelyn R. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Corrado Truzzi

Um hino pros homens livres !

Cristina Dauria

/* .EXTRAORDINARIA....!!! */

Alberto Kleiman

bello!!

Alberto Kleiman

Esta cancion ,especialnente la realizada en ISRAEL ;en el festival de rishon Letzion en 1012,engalano dicho festival,la presencia de Cristina,fue a mi humilde etender la version mas bella con la fuerza;que solamente puede dar Cristina Branco ;Cristina Bella de Almeirim.

Julio Fernandes

Aqui no Brasil e amo

Julio Fernandes

Lindo demais

Andre Acker

Espetacular ! Música, músicos (que piano, que guitarra portuguesa !) e Cristina sempre especial ! Muito obrigado !

JP RV

O Fado Seus Poetas E Suas Divas É Única Grandeza Neste País De Corruptos

Pecos V

Impecable interpretación, una versión moderna de Cristina Branco.

Juan Bautista Dos Reis De Sousa

ESTRAORDINARIA CANTANTE FADISTA SIEMPRE ESPECTACULAR

More Comments

More Videos