Lamento Sertanejo
Elba Ramalho Lyrics


Por ser de lá
Do sertão, lá do cerrado
Lá do interior do mato
Da caatinga do roçado

Eu quase não saio
Eu quase não tenho amigos
Eu quase que não consigo
Ficar na cidade sem viver contrariado

Por ser de lá
Na certa por isso mesmo
Não gosto de cama mole
Não sei comer sem torresmo

Eu quase não falo
Eu quase não sei de nada
Sou como rês desgarrada
Nessa multidão boiada caminhando a esmo

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.
Written by: Gilberto Gil, Jose Domingos

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Lucas Brasil

Acalma os ouvidos e a alma, Salve Elba, Salve Dominguinhos!

Mônica Kuki

A perfeição essa música! Elba é fantástica!!!
Coisa boa de ouvir, agrada aos ouvidos e a alma...uma verdadeira contradição as músicas de hoje.

Marcos BR

Ama essa música. Com a Elba ficou uma prece!!!!!

Marcelo Santana

Fantástica composição e arranjos. O grande mestre que ficará eterno Dominguinhos,

Marcelo Raça-Fla

incrível........duas obras de arte como essas ainda não terem 1 comentário sequer, mesmo após 3 anos de terem sido postadas...........po, em compensação, lixos como as músicas de anitta (?) e ludmilla (?) possuem centenas de comentários...........por isso que não sinto pena qdo vejo um bando de jovens desempregados.........e olha que a edição ainda se deu o trabalho de por as letras dessas lindas obras instantaneamente com suas execuções........esse é o Brasil..............

Alessandra de Aguiar Gramacho

Marcelo, Essa observação é a que fazemos todos os que amam o forró, o que está fazendo o Brasil querer enterrar sua cultura. Parabéns. venha pra nossa pag. e grupo. Face Alessandra de Aguiar Gramacho

More Videos