Elba Ramalho, Olhando o Cora: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Olhando o Cora
by Elba Ramalho

O meu andar pelo mundo
É um andar bem profundo
Vai onde tem um forró
É uma alegria, uma andança
Meu coração não se cansa
De uma festa encontrar
Um dia talvez eu pare
Ou qualquer dia encostar
Talvez cabreira eu encare
E olho o povo dançar

Mas por enquanto eu me entendo
Apreciar as estrelas
Olhar pro céu e vê-las
Piscar em luzes no chão
Eu cá por mim me contento
E sem querer ofende-las
Ao invés de olhar estrelas
Olho pro meu coração

Pois é assim meu andar
Nos cafundós desse mundo
Não me engano ou confundo
Nem sei pra onde vou ir
Só saberei se chegar
Finalmente ao meu destino
Não cometi desatino
De planejar ao partir

O meu andar pela vida
É sem controle errante
É como sonho de amante
Que acredita no amor
E nessa trilha perdida
No rumo desconhecido
O meu andar acredito
Cura ferida e a dor
Cura ferida e a dor

O meu andar pela vida
É sem controle errante
É como sonho de amante
Que acredita no amor
E nessa trilha perdida
No rumo desconhecido
O meu andar atrevido
Cura ferida e a dor
Cura ferida e a dor
Cura ferida e a dor
Cura ferida e a dor
Cura ferida e a dor

Lyrics © null

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them