Blame It on Me
George Ezra Lyrics


The garden was blessed by the Gods of me and you
We headed West to find ourselves some truth, oh
What you're waiting for?
What you're waiting for?

We counted all our reasons, excuses that we made
We found ourselves some treasure, and threw it all away
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?

When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
What you're waiting for?
What you're waiting for?

Caught in the tide of blossom, caught in the carnival
Your confidence forgotten, and I see the gypsies run
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?

When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?

When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
When I dance alone, I know I'll go
Blame it on me oh
When I'll lose control, I know I'll go
Blame it on me oh

What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?

Lyrics © BMG Rights Management
Written by: GEORGE BARNETT, JOEL LASLETT POTT

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comments from YouTube:

Fábio Luís Amaral dos Anjos

Gênesis 31
''Jacó retorna à terra de seus pais
1 Então, ouvia Jacó os comentários dos filhos de Labão, que diziam: Jacó se apossou de tudo o que era de nosso pai; e do que era de nosso pai juntou ele toda esta riqueza. 2 Jacó, por sua vez, reparou que o rosto de Labão não lhe era favorável, como anteriormente. 3 E disse o Senhor a Jacó: Torna à terra de teus pais e à tua parentela; e eu serei contigo. 4 Então, Jacó mandou vir Raquel e Lia ao campo, para junto do seu rebanho, 5 e lhes disse: Vejo que o rosto de vosso pai não me é favorável como anteriormente; porém o Deus de meu pai tem estado comigo. 6 Vós mesmas sabeis que com todo empenho tenho servido a vosso pai; 7 mas vosso pai me tem enganado e por dez vezes me mudou o salário; porém Deus não lhe permitiu que me fizesse mal nenhum. 8 Se ele dizia: Os salpicados serão o teu salário, então, todos os rebanhos davam salpicados; e se dizia: Os listados serão o teu salário, então, os rebanhos todos davam listados. 9 Assim, Deus tomou o gado de vosso pai e mo deu a mim. 10 Pois, chegado o tempo em que o rebanho concebia, levantei os olhos e vi em sonhos que os machos que cobriam as ovelhas eram listados, salpicados e malhados. 11 E o Anjo de Deus me disse em sonho: Jacó! Eu respondi: Eis-me aqui! 12 Ele continuou: Levanta agora os olhos e vê que todos os machos que cobrem o rebanho são listados, salpicados e malhados, porque vejo tudo o que Labão te está fazendo. 13 Eu sou o Deus de Betel, onde ungiste uma coluna†, onde me fizeste um voto; levanta-te agora, sai desta terra e volta para a terra de tua parentela. 14 Então, responderam Raquel e Lia e lhe disseram: Há ainda para nós parte ou herança na casa de nosso pai? 15 Não nos considera ele como estrangeiras? Pois nos vendeu e consumiu tudo o que nos era devido. 16 Porque toda a riqueza que Deus tirou de nosso pai é nossa e de nossos filhos; agora, pois, faze tudo o que Deus te disse.
17 Então, se levantou Jacó e, fazendo montar seus filhos e suas mulheres em camelos, 18 levou todo o seu gado e todos os seus bens que chegou a possuir; o gado de sua propriedade que acumulara em Padã-Arã, para ir a Isaque, seu pai, à terra de Canaã. 19 Tendo ido Labão fazer a tosquia das ovelhas, Raquel furtou os ídolos do lar que pertenciam a seu pai. 20 E Jacó logrou a Labão, o arameu, não lhe dando a saber que fugia. 21 E fugiu com tudo o que lhe pertencia; levantou-se, passou o Eufrates e tomou o rumo da montanha de Gileade.

Labão segue no encalço de Jacó
22 No terceiro dia, Labão foi avisado de que Jacó ia fugindo. 23 Tomando, pois, consigo a seus irmãos, saiu-lhe no encalço, por sete dias de jornada, e o alcançou na montanha de Gileade. 24 De noite, porém, veio Deus a Labão, o arameu, em sonhos, e lhe disse: Guarda-te, não fales a Jacó nem bem nem mal.
25 Alcançou, pois, Labão a Jacó. Este havia armado a sua tenda naquela montanha; também Labão armou a sua com seus irmãos, na montanha de Gileade. 26 E disse Labão a Jacó: Que fizeste, que me lograste e levaste minhas filhas como cativas pela espada? 27 Por que fugiste ocultamente, e me lograste, e nada me fizeste saber, para que eu te despedisse com alegria, e com cânticos, e com tamboril, e com harpa? 28 E por que não me permitiste beijar meus filhos e minhas filhas? Nisso procedeste insensatamente. 29 Há poder em minhas mãos para vos fazer mal, mas o Deus de vosso pai me falou, ontem à noite, e disse: Guarda-te, não fales a Jacó nem bem nem mal. 30 E agora que partiste de vez, porque tens saudade da casa de teu pai, por que me furtaste os meus deuses? 31 Respondeu-lhe Jacó: Porque tive medo; pois calculei: não suceda que me tome à força as suas filhas. 32 Não viva aquele com quem achares os teus deuses; verifica diante de nossos irmãos o que te pertence e que está comigo e leva-o contigo. Pois Jacó não sabia que Raquel os havia furtado.
33 Labão, pois, entrou na tenda de Jacó, na de Lia e na das duas servas, porém não os achou. Tendo saído da tenda de Lia, entrou na de Raquel. 34 Ora, Raquel havia tomado os ídolos do lar, e os pusera na sela de um camelo, e estava assentada sobre eles; apalpou Labão toda a tenda e não os achou. 35 Então, disse ela a seu pai: Não te agastes, meu senhor, por não poder eu levantar-me na tua presença; pois me acho com as regras das mulheres. Ele procurou, contudo não achou os ídolos do lar.
36 Então, se irou Jacó e altercou com Labão; e lhe disse: Qual é a minha transgressão? Qual o meu pecado, que tão furiosamente me tens perseguido? 37 Havendo apalpado todos os meus utensílios, que achaste de todos os utensílios de tua casa? Põe-nos aqui diante de meus irmãos e de teus irmãos, para que julguem entre mim e ti. 38 Vinte anos eu estive contigo, as tuas ovelhas e as tuas cabras nunca perderam as crias, e não comi os carneiros de teu rebanho. 39 Nem te apresentei o que era despedaçado pelas feras; sofri o dano; da minha mão o requerias, tanto o furtado de dia como de noite. 40 De maneira que eu andava, de dia consumido pelo calor, de noite, pela geada; e o meu sono me fugia dos olhos. 41 Vinte anos permaneci em tua casa; catorze anos te servi por tuas duas filhas e seis anos por teu rebanho; dez vezes me mudaste o salário. 42 Se não fora o Deus de meu pai, o Deus de Abraão e o Temor de Isaque, por certo me despedirias agora de mãos vazias. Deus me atendeu ao sofrimento e ao trabalho das minhas mãos e te repreendeu ontem à noite.

A aliança entre Labão e Jacó
43 Então, respondeu Labão a Jacó: As filhas são minhas filhas, os filhos são meus filhos, os rebanhos são meus rebanhos, e tudo o que vês é meu; que posso fazer hoje a estas minhas filhas ou aos filhos que elas deram à luz? 44 Vem, pois; e façamos aliança, eu e tu, que sirva de testemunho entre mim e ti. 45 Então, Jacó tomou uma pedra e a erigiu por coluna. 46 E disse a seus irmãos: Ajuntai pedras. E tomaram pedras e fizeram um montão, ao lado do qual comeram. 47 Chamou-lhe Labão Jegar-Saaduta; Jacó, porém, lhe chamou Galeede. 48 E disse Labão: Seja hoje este montão por testemunha entre mim e ti; por isso, se lhe chamou Galeede 49 e Mispa, pois disse: Vigie o Senhor entre mim e ti e nos julgue quando estivermos separados um do outro. 50 Se maltratares as minhas filhas e tomares outras mulheres além delas, não estando ninguém conosco, atenta que Deus é testemunha entre mim e ti.
51 Disse mais Labão a Jacó: Eis aqui este montão e esta coluna que levantei entre mim e ti. 52 Seja o montão testemunha, e seja a coluna testemunha de que para mal não passarei o montão para lá, e tu não passarás o montão e a coluna para cá. 53 O Deus de Abraão e o Deus de Naor, o Deus do pai deles, julgue entre nós. E jurou Jacó pelo Temor de Isaque, seu pai. 54 E ofereceu Jacó um sacrifício na montanha e convidou seus irmãos para comerem pão; comeram pão e passaram a noite na montanha.
55 Tendo-se levantado Labão pela madrugada, beijou seus filhos e suas filhas e os abençoou; e, partindo, voltou para sua casa.''

{Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil. A Bíblia do Pregador - Almeida Revista e Atualizada: Com esboços para sermões e estudos bíblicos . Sociedade Bíblica do Brasil. Kindle Edition}.



Jainul

Lyrics

The garden was blessed by the Gods of me and you
We headed West to find ourselves some truth, oh
What you're waiting for?
What you're waiting for?
We counted all our reasons, excuses that we made
We found ourselves some treasure, and threw it all away
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
What you're waiting for?
What you're waiting for?
Caught in the tide of blossom, caught in the carnival
Your confidence forgotten, and I see the gypsies run
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
When I dance alone, and the Suns's bleeding down
Blame it on me
When I lose control and the veil's overused
Blame it on me
When I dance alone, I know I'll go
Blame it on me oh
When I'll lose control, I know I'll go
Blame it on me oh
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?
What you're waiting for?



All comments from YouTube:

Risky

This song never gets old. No matter how much I listen, I never get bored.

Jay

This used to be the song that I would listen to everyday while running around downtown Toronto with friends and just having the best times and memories. Now I don’t talk or hangout with those friends anymore as we all went our separate ways but the memories and emotions I shared during that time will always be cherished and this gem of a song will forever hold a place in my heart

Soap Fan

I feel like you should find those people and reunite again.

Richard Back

If he sounds this incredible at such a young age how incredible will his voice be 10 to 15 years from now.

Sarah- Tempest

And he only gets better!

Sally Johnson

He's like a young James Earl Jones with that deep voice of his. I love it

Gem Star

George Ezra is like a time traveller from the 60s

T Man

I found this dude randomly on the net and i am now a super fan!

Debra Eggleston

Love this song!!!

George Ezra

Hello Happy new week fan,Thanks
for your beautiful comment and supports🌹🌹🌹🌹🌹🌹your comments and constant support has brought me this far,Keep Supporting my dream,may god bless you and your family,I hope you won’t stop being my fan?

More Comments

More Videos