Karol Conka, Vola: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Vola
by Karol Conka

Eu vô lá, vô lá, eu vô lá

Dona maria levanta cedo de segunda a segunda
Quem pensa pequeno recebe menor
Água bate na bunda
Madruga, que Deus ajuda
O mundo é de quem faz mais
E quem faz mais sempre vence a luta
Pra trás quem quiser jaz perde a disputa
Vai lá pega o seu din sem pedir desculpa
Se ligue, se ligue no corre sem trambique
Conquiste, conquiste que eu já tô nesse pique

Eu vô lá, vô lá, eu vô lá

Quem vem lá? Quem tem
Quem dá mais? Vou lá
Vou além neném sem medo chego já
Já chegou a hora ninguém quer ficar de fora
Bora que o bonde sai às onze e eu chego na hora
Vai, vai, vem, vem o brilho é do suor meu bem
Quem trampa noite e dia só quer saber das de cem
Sem preguiça com malícia, recompensa garantida
Nego se vira nos trinta e trinca no bong, amém

Eu vô lá, vô lá, eu vô lá

Se não entendeu aperta, aperta o repeat
Podemos ser a elite
Misturando a acidez seguindo a potencia do beat
Meu corpo sem limite, pode ser que isso te irrite
Dispenso seu palpite
Vô agindo admire
Se não entendeu aperta, aperta o repeat
Podemos ser a elite
Misturando a acidez seguindo a potencia do beat
Meu corpo sem limites pode ser que isso te irrite
Dispenso seu palpite
Vô agindo, admire, só admire

Contributed by Josiah F. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them