Há Tempos
Legião Urbana Lyrics


Jump to: Overall Meaning ↴  Line by Line Meaning ↴

Parece cocaína
Mas é só tristeza
Talvez tua cidade
Muitos temores nascem
Do cansaço e da solidão
Descompasso, desperdício
Herdeiros são agora
Da virtude que perdemos

Há tempos tive um sonho
Não me lembro, não me lembro

Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito
Já estamos acostumados
A não termos mais nem isso

Os sonhos vêm e os sonhos vão
E o resto é imperfeito

Dissestes que se tua voz
Tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira

E há tempos
Nem os santos têm ao certo
A medida da maldade
E há tempos são os jovens
Que adoecem
E há tempos
O encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
Só o acaso estende os braços
A quem procura
Abrigo e proteção

Meu amor!
Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem (e ela disse)




Lá em casa tem um poço
Mas a água é muito limpa

Overall Meaning

The first verse of Legião Urbana's “Há Tempos” presents us with a paradox: “Parece cocaína, mas é só tristeza” (It looks like cocaine, but it's just sadness). The line is about the feelings that consume us when we are in a state of ennui and isolation, which can seem like a drug addiction. We then get a hint of what causes this emptiness and the consequent feeling of separation in the second line: “Talvez tua cidade” (Maybe it's your city). The following lines expand on this idea, suggesting that weariness and isolation are born of contemporary life's fast pace and the resulting lack of connection to others. It’s a criticism of modern society's values, as we learn from the next line, “Descompasso, desperdício” (Disparity, waste), which implies that progress is wasteful, leading to social disruption and a loss of meaning.


Line by Line Meaning

Parece cocaína
It seems like cocaine


Mas é só tristeza
But it's just sadness


Talvez tua cidade
Perhaps your city


Muitos temores nascem
Many fears are born


Do cansaço e da solidão
From tiredness and loneliness


Descompasso, desperdício
Mismatch, waste


Herdeiros são agora
Heirs are now


Da virtude que perdemos
Of the virtue we lost


Há tempos tive um sonho
I had a dream a long time ago


Não me lembro, não me lembro
I don't remember, I don't remember


Tua tristeza é tão exata
Your sadness is so precise


E hoje o dia é tão bonito
And today the day is so beautiful


Já estamos acostumados
We are already used to


A não termos mais nem isso
Not even having that anymore


Os sonhos vêm e os sonhos vão
Dreams come and dreams go


E o resto é imperfeito
And the rest is imperfect


Dissestes que se tua voz
You said that if your voice


Tivesse força igual
Had equal strength


À imensa dor que sentes
To the immense pain you feel


Teu grito acordaria
Your scream would wake up


Não só a tua casa
Not just your house


Mas a vizinhança inteira
But the whole neighborhood


E há tempos
And for a long time


Nem os santos têm ao certo
Not even the saints know for sure


A medida da maldade
The measure of evil


E há tempos são os jovens
And for a long time, it's the young ones


Que adoecem
That fall ill


E há tempos
And for a long time


O encanto está ausente
The charm is absent


E há ferrugem nos sorrisos
And there is rust on smiles


Só o acaso estende os braços
Only chance extends its arms


A quem procura
To those who seek


Abrigo e proteção
Shelter and protection


Meu amor!
My love!


Disciplina é liberdade
Discipline is freedom


Compaixão é fortaleza
Compassion is strength


Ter bondade é ter coragem (e ela disse)
Having kindness is having courage (and she said)


Lá em casa tem um poço
There's a well at home


Mas a água é muito limpa
But the water is very clean




Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC
Written by: Eduardo Dutra Villa Lobos, Marcelo Augusto Bonfa, Renato Manfredini Junior

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on or correct specific content, highlight it

Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Most interesting comment from YouTube:

@brunnafernandes5809

Parece cocaína mas é só tristeza, talvez tua cidade
Muitos temores nascem do cansaço e da solidão
Descompasso, desperdício
Herdeiros são agora da virtude que perdemos
Há tempos tive um sonho
Não me lembro, não me lembro

Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito

Já estamos acostumados
A não termos mais nem isso

Os sonhos vêm e os sonhos vão
E o resto é imperfeito
Disseste que se tua voz
Tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira

E há tempos nem os santos
Têm ao certo a medida da maldade
E há tempos são os jovens que adoecem
E há tempos o encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
Só o acaso estende os braços
A quem procura abrigo e proteção
Meu amor!

Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem
Lá em casa tem um poço
Mas a água é muito limpa



All comments from YouTube:

@k17oesp

Cara prestem atenção dessa letra! O cara era fora da curva um poeta transpondo em forma de musica. Temos que agradecer por esse cara ter vivido e por deixar aqui sua genialidade.

@Jeankarllozz__

Fato!!!

@paulolopes8640

Simplesmente um gênio, a minha parte preferida é "nem os santos, tem ao certo a medida da maldade", é ou não é coisa de gênio?

@fatimatelles7423

Verdade

@carlosmelo3809

@@paulolopes8640 o que essa parte quer dizer pra vc? eu não sou muito bom em interpretar a intenção do autor

@rodrigosoares7126

@@carlosmelo3809 Quer dizer que a maldade é tão grande que os santos, que estão aí para nos proteger e que deveriam estar atentos, não fazem ideia do que a gente passa e o que deveria ser feito para nos proteger de verdade.

38 More Replies...

@alvaroluismarcosmedeiros2340

......."DISCIPLINA É LIBERDADE
..COMPAIXÃO É FORTALEZA
TER BONDADE É TER CORAGEM......."
Isto é energia pura - Fé e luz na caminhada.

@PerssonHenrique

Filosofia DE VIDA!!! 🙏🏻

@moacircorreaantonio2193

Se faz um ser humano melhor

@paulojosesouzamaximomaximo5189

É !!!!!!!!

More Comments

More Versions