Luiz Gonzaga, Vassouras: We need your help!

  • I can comment on it

  • I know the meaning

  • I can review it

  • I can translate it

Skip to video »
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Vassouras
by Luiz Gonzaga

Vassouras, Vassouras
Velha cidade dos tempos coloniais
Vassouras, Vassouras
O tempo passa e cada vez te quero mais

Palmeiras ao vento
Dando viva e boa vinda ao passageiro
Fugitivo do calor que tá fazendo
Lá em baixo, lá no Rio de Janeiro
Adeus Leblon, Copacabana e Icaraí
Tô em Vassouras, mas não vou ficar aqui
Ei, sobe serra, desce serra
Quanta gente vai subindo, pela montanha
Quem vai pra serra, se desterra
Quem está morto, desenterra
Saúde ganha, por isso eu vou
Pra Suíça brasileira
Batendo pino, vou até Miguel Pereira
Vassouras, Vassouras

Vassouras, Vassouras
Velha cidade dos tempos coloniais
Vassouras, Vassouras
O tempo passa e cada vez te quero mais

Palmeiras ao vento
Dando viva e boa vinda ao passageiro
Fugitivo do calor que tá fazendo
Lá em baixo, lá no Rio de Janeiro
Adeus Leblon, Copacabana e Icaraí
Tô em Vassouras, mas não vou ficar aqui
Ei sobe serra, desce serra
Quanta gente vai subindo, pela montanha
Quem vai pra serra, se desterra
Quem está morto, desenterra
Saúde ganha, por isso eu vou
Pra Suíça brasileira
Batendo pino, vou até Miguel Pereira
Vassouras, Vassouras

Contributed by Violet S. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them

More Videos