Não Vale A Pena
Maria Rita Lyrics


Ficou difícil
Tudo aquilo, nada disso
Sobrou meu velho vício de sonhar
Pular de precipício em precipício
Ossos do ofício
Pagar pra ver o invisível
E depois enxergar

Que é uma pena
Mas você não vale a pena
Não vale uma fisgada dessa dor
Não cabe como rima de um poema
De tão pequeno
Mas vai e vem e envenena
E me condena ao rancor
De repente, cai o nível
E eu me sinto uma imbecil
Repetindo, repetindo, repetindo
Como num disco riscado
O velho texto batido
Dos amantes mal-amados
Dos amores mal-vividos
E o terror de ser deixada
Cutucando, relembrando, reabrindo
A mesma velha ferida
E é pra não ter recaída
Que não me deixo esquecer

Que é uma pena
Mas você não vale a pena

Lyrics © O/B/O APRA/AMCOS

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Rodrigo Prest

Saudades dessa época da Maria Rita... Os dois primeiros discos foram excelentes...

Nn Crr

O tom Capone era fundamental na carreira dela. Foram os anos áureos...

Alex Consan

Concordo plenamente...

Ramom _G

@Daniela Lopes aqui tá o povo q gosta de viver de lembrança

Ramom _G

@Camila Peixoto uma coitada vc

Daniela Lopes

Pra mim ela continua excelente apesar de menos pop/MPB, gosto muito dela com seus sambas.

7 More Replies...

MariaLuiza Campos

Ficou difícil, tudo aquilo, nada disso Sobrou meu velho vício de sonhar Pular de precipício em precipício, ossos do oficio Pagar pra ver o invisível e depois enxergar Que é uma pena, mas você não vale a pena, não vale uma fisgada dessa dor Não cabe como rima de um poema, de tão pequeno Mas vai e vem, e envenena, e me condena ao rancor De repente cai o nível e eu me sinto uma imbecil Repetindo, repetindo, repetindo como num disco riscado O velho texto batido dos amantes mal amados, dos amores mal vividos E o terror de ser deixada Cutucando, relembrando, reabrindo a mesma velha ferida E é pra não ter recaída que não me deixo esquecer Que é uma pena, mas você não vale a pena, não vale uma fisgada dessa dor Não cabe como rima de um poema, de tão pequeno Mas vai e vem, e envenena, e me condena ao rancor De repente cai o nível e eu me sinto uma imbecil Repetindo, repetindo, repetindo como num disco riscado O velho texto batido dos amantes mal amados, dos amores mal vividos E o terror de ser deixada Cutucando, relembrando, reabrindo a mesma velha ferida E é pra não ter recaída que não me deixo esquecer Que é uma pena, mas você não vale a pena

kelly Cristiane Araujo

Impossível não emocionar. E não lembrar dos desamores vividos... rs

Gisiane Alipio

Amo vcs e não posso deixar para trás o dia em que vi a mensagem de voz das acolhidas pelo amor k m deram... no meio da minha insanidade..
😎

Sidnei Passarette

só não precisavam ser tantos desamores né? É muito desencontro gente rs

More Comments

More Videos