Nada De Novo
Paulinho da Viola Lyrics


Papéis sem conta
Sobre a minha mesa
O vento espalha as cinzas que deixei
Em forma de poemas antigos
Relidos
Perdido enfim confesso
Até chorei
Nada mais importa
Você passou
Meu samba sem razão
Se acabou
Um sonho foi desfeito
Alguma coisa diz
Preciso abandonar
Os versos que já fiz

Nada de novo
Capaz de despertar
Minha alegria
O sol, o céu, a rua
Um beijo frio, um ex-amor
Alguém partiu, alguém ficou
É carnaval
Eu gostaria de ver
Essa tristeza passar
Um novo samba compor
Um novo amor encontrar
Mas a tristeza é tão grande no meu peito
Não sei pra que a gente fica desse jeito

Contributed by Aiden V. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Francisco Angelo

Isso é o que se pode chamar de samba grã-fino. Só o Mestre Paulinho para nos dar o prazer de ouvir música tão simples quanto linda.

Maria Tereza

Nada mais haverá de novo.

Maria Tereza

Fazendo de conta que estou feliz
.

Mina Antiga ex .

Nada valeu a pena

Mina Antiga ex .

Nada valeu a pena

francisco alves

essa música deveria se chamar depressão

Giovanna Jardim

Jesus é o novo e a alegria. E a alegria nele é a nossa força. Não precisa viver desse jeito.

groki

Giovanna, isso a gente descobre dentro da gente! Vamo ouvir esse belo samba sem pensar em mais nada. : )

Victor Herbert

Agora deu

Everything is my delusion

???

1 More Replies...

More Videos