Vinhos finos... Cristais
Paulinho da Viola Lyrics


Vinhos finos cristais
Talvez uma valsa
Adoecendo entre os dentes da noite
Vidro, espelho, imagem
O corpo adormecendo entre os dentes da vida
Imagem partida
Sangue
E o amor doente entre os dentes da saudade
Da morte, da engrenagem
As mãos doentes entre os dentes
Entre os dentes de um cão
O corpo fino, cristais
O quarto limpo, metais
Entre os dentes da paixão
Chão, caixão, escada
Apenas um jogo de palavras
Entre tudo e nada
Entre os dentes podres da canção

Contributed by Isaac F. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

More Videos