Ino no Cangaço
Xangai Lyrics


Ouçam casos parecidos
Ou decretos do destino
Os cangaceiros temidos do meu sertão nordestino
Quando não tinham apelidos "Volta Seca", "Pente Fino"
Eram sempre conhecidos por nomes findando em "ino"

Se era Lampião, era Virgulino
Que tinha um irmão chamado Livino
Cabra ignorante, Antônio Silvino
E sendo brilhante, era Jesuíno
Tava em toda parte, adulto e menino

Quintino, Galdino, Zé Zeferino, Filismino, Avelino
É cangaceiro presente na voz de Zé Marcolino
Nos versos de Zé Vicente, no barro de Vitalino

Chapéu, mato, guerra
Punhal assassino
Barulho na terra
Silêncio divino

Contributed by Audrey K. Suggest a correction in the comments below.
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Jefferson Dantas

Simplesmente divino, sem palavras, só consigo ficar "ouvino"

Kelvy Wanderson

Mds vc é um anjo por ter compartilhado essas músicas aaaaaaaaa

Goretti Dias

Xangai, por onde anda?
Que saudades, que bom que encontrei por aqui!
😍

Ricardo Nascimento

Arte!