Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

Sina De Violeiro
Renato Teixeira Lyrics


We have lyrics for 'Sina De Violeiro' by these artists:

Cabruera Foi deus quem criou os rios Encheu o mar fez a…

We have lyrics for these tracks by Renato Teixeira:

Arraial E toda noite a viola rasga Uma cana verde pra disfarçar E…
Casinha branca Fiz uma casinha branca Lá no pé da serra Prá nós dois…
Cavalo Bravo Cavalo Bravo Renato Teixeira Olhando um cavalo bravo No…
De Papo pro Á Eu não quero outra vida Pescando no rio de Jereré Tenho peix…
Frete Eu conheço cada palmo desse chão E só me mostrar qual…
Pequenina São tão claros os presságios e os encontros dessa vida quand…
Romãria É de sonho e de pó O destino de um…
Tocando em Frente Ando devagar porque já tive pressa E levo esse sorriso Porqu…

The lyrics can frequently be found in the comments below or by filtering for lyric videos.
Most interesting comment from YouTube:

carlos teixeira

Espetacular esse Renato Teixeira
Sina de Violeiro Renato Teixeira

Meu pai chegou aqui num fim de dia,
Há muito tempo em cima de um cavalo
E era pobre e moço e só queria
Semear de calo as mãos de plantador
Com minha mãe casou-se assim que pode
Acharam um rancho no jeito e na cor
Da terra boa e semeou o milho
E semeou os filhos, e semeou o amor

E assim a vida foi-se como um rio
Meu pai dizia, um dia será mar
E toda noite reunia a prole
E tinha cantorias para se cantar
Não era fácil a lida mas valia
Porque um homem precisa lutar
Nem Quando a morte nos levou Rosinha
A mas pequenininha deu pra fraquejar

De sol a sol, o braço no trabalho
Foi como um laço mas nunca sonhou
Por isso Pedro, nosso irmão mais velho
Foi para bem longe e nunca mais voltou
Mariazinha se casou bem moça
E foi com Bento homem trabalhador
Mas veio um tempo negro em sua vida
Ele garrou na pinga e nunca mais largou

Uma cegueira triste
Certo dia nos olhos calmos do meu pai entrou
Varreu as cores do seu pensamento
Ele deitou na cama e nunca mais falou
A minha mãe mulher de raça forte
Pegou nas rédeas com as duas mãos
E eu me enterrei de alma na viola
Onde plantei tristezas e colhi canções

Por isso mesmo amigo é que eu lhe digo
Não tem sentido em peito de canto
Brotar o riso onde foi semeada
A consciência viva do que é a dor



All comments from YouTube:

Francisco Borges Pereira

Sensacional! A música sertaneja de fato e com direito à interpretção de gala...

Edisio De Morais Filho

Isso não é uma música, e sim uma poesia, muita inspiração.

carlos teixeira

Espetacular esse Renato Teixeira
Sina de Violeiro Renato Teixeira

Meu pai chegou aqui num fim de dia,
Há muito tempo em cima de um cavalo
E era pobre e moço e só queria
Semear de calo as mãos de plantador
Com minha mãe casou-se assim que pode
Acharam um rancho no jeito e na cor
Da terra boa e semeou o milho
E semeou os filhos, e semeou o amor

E assim a vida foi-se como um rio
Meu pai dizia, um dia será mar
E toda noite reunia a prole
E tinha cantorias para se cantar
Não era fácil a lida mas valia
Porque um homem precisa lutar
Nem Quando a morte nos levou Rosinha
A mas pequenininha deu pra fraquejar

De sol a sol, o braço no trabalho
Foi como um laço mas nunca sonhou
Por isso Pedro, nosso irmão mais velho
Foi para bem longe e nunca mais voltou
Mariazinha se casou bem moça
E foi com Bento homem trabalhador
Mas veio um tempo negro em sua vida
Ele garrou na pinga e nunca mais largou

Uma cegueira triste
Certo dia nos olhos calmos do meu pai entrou
Varreu as cores do seu pensamento
Ele deitou na cama e nunca mais falou
A minha mãe mulher de raça forte
Pegou nas rédeas com as duas mãos
E eu me enterrei de alma na viola
Onde plantei tristezas e colhi canções

Por isso mesmo amigo é que eu lhe digo
Não tem sentido em peito de canto
Brotar o riso onde foi semeada
A consciência viva do que é a dor

fernando Palhares

Autentico e lindo, a verdadeira musica rural

Vilma Pereira

Meu Deus que letra e música linda👏👏👏

Rafael Zeni

Miguel, filho, seja quando ler isso.. isto é música!!!!!! A raiz de nosso Brasil!!!

valdeci alves da Viola

Gosto demais da letra dessa música

joao claudio Claudio

Essa poesia cantada merece todas as reverencias.

Francisco Lopes

Linda música 🤠👏🙏

Herói Da resistência

Amo Renato Teixeira!!!!

More Comments

More Videos