Ave De Prata
Zé Ramalho Lyrics


É muito mais do que muito
Muito mais do que quantos anos todos piorei
É muito mais do que mata
Muito mais do que morrem todos pela planta do pé
É muito mais do que fera
Mais do que bicho
Quando quer procriar
Uma espécie sementes da água mistérios da luz

É muito mais do que antes
Mais do que vinte anos multiplicar
Dividir a mentira entre cabelos, olhos e furacões
Inventar objetos
Pela esfinge
Quando era mulher
Ave de prata
Veneno de fogo
Vaga-lume do mar
O mar que se acaba na areia
Gemidos da terra apoiados no chão
Entre todos que usam os dentes do arpão
Apoiados em cada parede pela mão
Pela mão que criou
Tantas trevas e luz
E cada coisa perdida
Perdidamente
Pode se apaixonar
Pela última vida poucos amigos
Hão de te procurar
Como é o silêncio
E nesse momento tudo deve calar
Numa história
Que venha do povo
O juízo final

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.
Written by: José Ramalho

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
Comments from YouTube:

Danda Luna

Fui correndo atrás da letra dessa belíssima canção. Não conhecia, acabei de ouvir na rádio câmara JP. Que Deus abençoe esse ser humano incrível chamado Zé Ramalho 😍, ou melhor conhecia na voz da minha conterrânea Elba Rainha Ramalho 😍

Danda Luna

Quem aprecia a boa música, ouve ícones como o Zezão Ramalho 😍

Warlei Gomes

Exatamente

Márcio Gusmão MPB

Música apocaliptica e mediúnica. O velho Zé e suas canções pertubadoras e sensitivas. Tomara que não seja o fim com esse Corona. Ele fala do juizo final.

Márcio Gusmão MPB

@Glória Maria Essa canção do Zé da Paraíba transcende toda filosofia e todo conhecimento do homem que são jogados ao chão. Reduz o homem a insignificância perto das mutações biológicas da natureza, do apocalipse que está próximo.

Glória Maria

Márcio Gusmão,não acho que vai ser o fim por causa do Corona Vírus não,mas acho que essa canção é realmente mediúnica,Espírita como você disse;uns dias antes de tu escreveres isso,eu havia pensado,que a letra tinha alguns trechos do que ouvi em.meu curso na Casa Espírita do Kardec,quando ele fala em procriar uma espécie,em sementes da água,pois aprendemos como no início foi criada a espécie humana,aprendemos uma leve noção da criação da Natureza,mas não tinha certeza se era o que ele dizia na música e li aqui um comentário de alguém que achava que era canção Espírita e me parece que Zé fala de muito mais que muitos anos piorei e depois fala muitos anos multiplicar,acho que quer dizer do crescimento,da melhora como ser humano dele,talvez seja isso,esse outro comentário daqui do yoturbe,que achava que era canção Espírita,falou disso,eu tentando entender a letra,entendi assim,não posso afirmar pois Zé é um Mistério.

Jakelyne rabello

É o início do fim

Márcio Gusmão MPB

@Realismo Mágico Como fala em outra canção do Zé da Paraíba: Visões do Zé Limeira Sobre o Final do Séc.XX. Tem também, O Dia Em Que A Terra Parou, do maluco beleza Raul. 2 visionários além do seu tempo.

Realismo Mágico

Não será o fim mas o incio do parto o inicio dos aís o incio das dores ,levara alguns anos de agora em diante as coisas vão mudar

Denilson Guilhermino

Uma das músicas mais soturnas e sombrias da música brasileira

More Comments

More Videos