Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found

O Que Será
Chico Buarque Lyrics


O que será que será
Que andam suspirando
Pelas alcovas?
Que andam sussurrando
Em versos e trovas?
Que andam combinando
No breu das tocas?
Que anda nas cabeças,
Anda nas bocas?
Que andam acendendo
Velas nos becos?
Estão falando alto
Pelos botecos
E gritam nos mercados
Que com certeza
Está na natureza
Será, que será?
O que não tem certeza
Nem nunca terá!
O que não tem conserto
Nem nunca terá!
O que não tem tamanho

O que será que Será?
Que vive nas idéias
Desses amantes
Que cantam os poetas
Mais delirantes
Que juram os profetas
Embriagados
Está na romaria
Dos mutilados
Está nas fantasias
Dos infelizes
Está no dia a dia
Das meretrizes
No plano dos bandidos
Dos desvalidos
Em todos os sentidos
Será? Que será?
O que não tem decência
Nem nunca terá!
O que não tem censura
Nem nunca terá!
O que não faz sentido

O que será? Que será?
Que todos os avisos
Não vão evitar
Porque todos os risos
Vão desafiar
Porque todos os sinos
Irão repicar
Porque todos os hinos
Irão consagrar
E todos os meninos
Vão desembestar
E todos os destinos
Irão se encontrar
E mesmo padre eterno
Que nunca foi lá
Olhando aquele inferno
Vai abençoar!
O que não tem governo
Nem nunca terá!
O que não tem vergonha
Nem nunca terá!
O que não tem juízo
O que não tem juízo

Lyrics © O/B/O APRA AMCOS

Lyrics Licensed & Provided by LyricFind
To comment on specific lyrics, highlight them
Most interesting comments from YouTube:

Joao Arminio

O que será, que será?
Que andam suspirando pelas alcovas
Que andam sussurrando em versos e trovas
Que andam combinando no breu das tocas
Que anda nas cabeças anda nas bocas
Que andam acendendo velas nos becos
Que estão falando alto pelos botecos
E gritam nos mercados que com certeza
Está na natureza
Será, que será?
O que não tem certeza nem nunca terá
O que não tem conserto nem nunca terá
O que não tem tamanho...
O que será, que será?
Que vive nas idéias desses amantes
Que cantam os poetas mais delirantes
Que juram os profetas embriagados
Que está na romaria dos mutilados
Que está na fantasia dos infelizes
Que está no dia a dia das meretrizes
No plano dos bandidos dos desvalidos
Em todos os sentidos...
Será, que será?
O que não tem decência nem nunca terá
O que não tem censura nem nunca terá
O que não faz sentido...
O que será, que será?
Que todos os avisos não vão evitar
Por que todos os risos vão desafiar
Por que todos os sinos irão repicar
Por que todos os hinos irão consagrar
E todos os meninos vão desembestar
E todos os destinos irão se encontrar
E mesmo o Padre Eterno que nunca foi lá
Olhando aquele inferno vai abençoar
O que não tem governo nem nunca terá
O que não tem vergonha nem nunca terá
O que não tem juízo...



Zefi Iro

¿Qué es lo que será?
Que andan suspirando
¿Por las alcobas?
Que caminan susurrando
¿En versos y trovas?
Que camina combinando
¿En el breu de las madrigueras?
¿Qué camina en las cabezas?
¿Anda en las bocas?
Que caminan encendiendo
Velas en los callejones?
Están hablando alto
Por los botes
Y gritan en los mercados
Que con certeza
Está en la naturaleza
¿Será que será?
Lo que no está seguro
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene concierto
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene tamaño ...
¿Lo que será? ¿Qué será?
Que vive en las ideas
De estos amantes
Que cantan los poetas
Más delirantes
Que juran a los profetas
ebrio
Está en la romería
De los mutilados
Está en las fantasías
De los infelices
Está en el día a día
De las ratificaciones
En el plano de los bandidos
De los desvalidos
En todos los sentidos
¿Será que será?
Lo que no tiene decencia
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene censura
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene sentido ...
¿Lo que será? ¿Qué será?
Que todas las advertencias
No van a evitar
Porque todas las risas
Van a desafiar
Porque todas las campanas
Irán a repicar
Porque todos los himnos
Irán consagrará
Y todos los niños
Van a desembolsar
Y todos los destinos
Irán a encontrarse
E incluso sacerdote eterno
Que nunca fue allí
Mirando aquel infierno
¡Bendecirá!
Lo que no tiene gobierno
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene vergüenza
¡Ni nunca tendrá!
Lo que no tiene juicio ... (2x)



All comments from YouTube:

lopz33

¡Tremendo clásico!

José Felipe Martínez Domínguez

Hermoso, cuando estudie portugués en mi universidad: Universidad de San Carlos de Guatemala, escuché por ves primera ese himno de verdad, amor y solidaridad. Gracias Brazil por su cultura y su amor siempre tan simple, tan cargado de amor, tan lleno de esperanza. Gracias.

Nura Gamer

Obrigado,gracias

Daniel Zuñiga

Willie Colón!

Wesley Rivera

Siempre que voy a Guatemala procuro pasar por la Librería de la San Carlos, a comprar libros de diversos temas. Escucha la versión en salsa del Maestro Willie. Colón!!

Fake Amendoim

@João Vitor Fato, mas aqui tbm não é o pior lugar do mundo e apesar do jeitinho o povo brasileiro no saldo é um bom povo . Tem que melhorar muito, pra que eu diga que me orgulho dessa nação, mas eu gosto do meu país

João Vitor

Meu amigo meu país não é essa paz e amor não kkkkkk

4 More Replies...

Garolfa

Un fuerte abrazo hermanos brasileños. Argentina y Brasil naciones hermanas

Cleverton Henrique

Saludos.

Mii nero

@paulo com certeza. um pesadelo diário. Chico nunca foi tão atual

More Comments

More Videos