Genre not found
Artist not found
Album not found
Song not found
AmarElo
by Emicida

We have lyrics for 'AmarElo' by these artists:

Omelô Eu teria feito tudo por você, seu cabelo amarelo. Atravessar…

We have lyrics for these tracks by Emicida:

9 Circulos Parece crack, mas é só a insegurança, Fui nessa, com a…
Alma Gemea Uma dose só dividida em dois copos Uma alma só dividida…
Avua Besouro Guetos precisam de heróis Pretos, digam, desde quando o med…
Baiana Baiana cê me bagunço Pirei em tua cor nagô, tua guia Teu…
Bang! Quem é quem nessa multidão? Hei, olhe ao seu redor, camarad…
Beira de Piscina Eu gosto é de uma beira de piscina fria Esteira e…
Bonjour Tous Les Guettos savent Que le Guetto salit N'empeche que ça…
Casa Ôôô ôô Lá fora é selva A sós entre luz e trevas Nós,…
Crisantemo Ele bebeu, bebeu, tipo vencedor E depois riu, riu, como Bir…
Crisântemo Ele bebeu, bebeu tipo vencedor e depois riu, riu como Bir…
E Agora Quê? Não entendi. Ah tá, entendi, entendi! Você vai ser tão…
Eu Gosto Dela Bem leonina, menina, mandona Linda, sabe da sina, mina vale…
Fica Mais um Pouco Amor [Refrão] Fica mais um pouco amor, essa noite sonhei com voc…
Gueto O zé povinho só pode falar Mas o mundo todo pode…
Hino Vira-Lata Meu coração tá na mão do ritmista Do DJ, no pandeiro…
Hoje Cedo Hoje cedo Quando eu acordei e não te vi Eu pensei em…
I Love Quebrada Eu era um neguin vendo tudo do lado de fora Maravilhado…
Isso Não Pode Se Perder Já fomos calça de helanca e listra E festivais no Jardim…
Levanta e Anda Era um cômodo incômodo Sujo como o dragão de komodo Úmido,…
Mandume Eles querem que alguém Que vem de onde nóiz vem Seja mais…
Milionário do Sonho É o que eu digo e faço, não suponho, sou…
Mufete Rangel, Viana, Golfo, Cazenga pois Marçal, Sambizanga, Cale…
Nóiz Eu já esquematizei tudo sozim, outra vez Meu bando de negui…
Novo Nego Véio É tipo, ver o primeiro mês do ultrassom Não entende nada,…
Ooorra... Direto vejo o pai brincando com um filho no parque, sinto…
País do Futebol No flow Eu sou Oh, até gringo sambou No flow Por onde a ge…
Passarinhos Despencados de voos cansativos Complicados e pensativos Ma…
Preciso Preciso pensar Preciso fazer Preciso lembrar Preciso esqu…
Rotina Os bico pensa se fala de rua, de festa, eu…
Rua Augusta As maquiagem forte esconde os hematoma na alma Fumando calm…
Samba do Fim do Mundo Somos a contraindicação do Carnaval Nagô do tambor digital …
Santa Cruz Parece ontem, seis mano, uma roda de free É pra ser…
Santo Amaro da Purificação Eu dobrei joelhos, cerrei cílios Chorei, lembrei do filho/d…
Só Mais uma Noite Pelo asfalto quente curva, mente turva, como enchente Então…
Sol de Giz de Cera Ela quer me contar um negócio sobre cada pé de…
Sozim Sou meio lobo solitário, sempre sigo sozinho Desde pivete e…
Trepadeira Margarida era rosa, bela Cheirosa e grampola, tipo casa das…
Triunfo Não escolhi fazer RAP não, na moral O RAP me escolheu…
Um Final de Semana Eu vou ficar o final de semana inteiro Eu vou ficar…
Vai Ser Rimando Corre as areias da ampulheta e nada, alem do amor…
Velhos Amigos Eu gostaria de dedicar essa canção para algumas pessoas espe…
Zoiao Tem gente que não pode Ver ninguém feliz Apronta, conspira…

The lyrics can frequently be found in the comments below, by filtering for lyric videos or browsing the comments in the different videos below.

Help us build the world's largest lyrics collection by contributing lyrics in the comments below.
Comments from YouTube:

Emicida

Letra:
Presentemente eu posso me considerar um sujeito de sorte
Porque apesar de muito moço me sinto são e salvo e forte
E tenho comigo pensado, Deus é brasileiro e anda do meu lado
E assim já não posso sofrer no ano passado
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Eu sonho mais alto que drones
Combustível do meu tipo? A fome
Pra arregaçar como um ciclone (entendeu?)
Pra que amanhã não seja só um ontem
Com um novo nome
O abutre ronda, ansioso pela queda (sem sorte)
Findo mágoa, mano, sou mais que essa merda (bem mais)
Corpo, mente, alma, um, tipo Ayurveda
Estilo água, eu corro no meio das pedra
Na trama, tudo os drama turvo, eu sou um dramaturgo
Conclama a se afastar da lama, enquanto inflama o mundo
Sem melodrama, busco grana, isso é hosana em curso
Capulanas, catanas, buscar nirvana é o recurso
É um mundo cão pra nóiz, perder não é opção, certo?
De onde o vento faz a curva, brota o papo reto
Num deixo quieto, num tem como deixar quieto
A meta é deixar sem chão, quem riu de nóiz sem teto

Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Figurinha premiada, brilho no escuro, desde a quebrada avulso
De gorro, alto do morro e os camarada tudo
De peça no forro e os piores impulsos
Só eu e Deus sabe o que é não ter nada, ser expulso
Ponho linhas no mundo, mas já quis pôr no pulso
Sem o torro, nossa vida não vale a de um cachorro, triste
Hoje cedo não era um hit, era um pedido de socorro
Mano, rancor é igual tumor envenena raiz
Onde a platéia só deseja ser feliz (ser feliz)
Com uma presença aérea
Onde a última tendência é depressão com aparência de férias
Vovó diz, Odiar o diabo é mó boi, difícil é viver no inferno
E vem a tona
Que o mesmo império canalha, que não te leva a sério
Interfere pra te levar a lona
Revide

Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Permita que eu fale, não as minhas cicatrizes
Elas são coadjuvantes, não, melhor, figurantes, que nem devia tá aqui
Permita que eu fale, não as minhas cicatrizes
Tanta dor rouba nossa voz, sabe o que resta de nóiz?
Alvos passeando por aí
Permita que eu fale, não as minhas cicatrizes
Se isso é sobre vivência, me resumir a sobrevivência
É roubar o pouco de bom que vivi
Por fim, permita que eu fale, não as minhas cicatrizes
Achar que essas mazelas me definem, é o pior dos crimes
É dar o troféu pro nosso algoz e fazer nóiz sumir

Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro
Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Ano passado eu morri mas esse ano eu não morro

Thaile Marques

Show demais

Ana Freitas

Foda foda

Lucas Ferreira

Leandro é monstro de mais!!!

Lucas Ferreira

Belchior meu ídolo e saber que meu ídolo Leandro também escuta o Belchior e torce pro mesmo time que eu (Santos FC) puta que pariu somos irmãos Emicida é massa!!

marcia Sudário

@SPJOBY força aí

302 More Replies...

João Medrado

Me arrepiei. Obrigado Emicida.
Faz quatro anos que não uso droga, estou me formando na faculdade e deixei de tomar antidepressivo essa semana.
Permita que eu fale, não as minhas cicatrizes.

natalia alves

@Rodrigo Barreto vdd... esse mundo é mt insensível, cruel. Temos q resistir bravamente para n nos entregarmos!

Nilda Costa

Espero que continue evoluindo e tendo menos cicatrizes, mas muitas histórias de vitória e conquistas pra contar.

Emerson Almeida

🙏❤️

More Comments

More Videos